segunda-feira, 9 de maio de 2011

[Ed.#115] Baseado na Lei 16ª Edição – Guerra à Guerra!

 

por Cacá R. Müller

 

A violência não faz sentido. Na guerra, seres humanos digladiam entre si, numa luta desesperadora pela sobrevivência. Muitas vezes, os bravos guerreiros sequer entendem porque estão alí.

 

Na guerra, interesses sempre ligados ao dinheiro e ao poder, motivam o cometimento de atrocidades das mais diversas. O homem organizado em sociedade sempre guerreou. São diversas as guerras: contra o terror, contra as drogas, contra o ocidente, contra os hereges, contra as armas nucleares, contra as práticas econômicas da China etc. No tabuleiro de xadrez da guerra, todos são peças movidas e manipuladas pelo interesse do jogador, ou seja, aquele que detém o poder.

 

Todos perdem com a guerra. Vidas são ceifadas e famílias destruídas. O sangue que se espalha e pode até ser limpo do chão, mas não das memórias. O prenúncio de que a 3ª Guerra Mundial virá do Oriente Médio é cada vez mais claro. A falta de diálogo do “Xerife do Planeta” e suas reações irracionais são completamente antipedagógicas. Dá-se em resposta às condutas extremistas e aos regimes ditatoriais com mais violência. Em resposta a ataques terroristas, cometem assassinatos sumários que vão de encontro com a noção de Estado de Direito e todos os princípios e garantias mínimos de um ser humano. Enforcam ditadores e bombardeiam suas famílias, sem qualquer noção menor que seja de humanidade.

 

Não é a falta de humanidade perpetrada por estes agentes que irá legitimar outras condutas abusivas em resposta. A resposta tem que ser dura, mas legitimada pelos avanços sociais da humanidade, refletidos no Direito. Mais absurdo ainda é vislumbrar que a ONU aplauda estas condutas e até mesmo incentive. Aonde se chegará? Quais são as oportunidades em que atitudes acima descritas serão legitimadas? Será que o Paquistão poderá invadir o soberano território estadunidense para caçar um inimigo do Estado, tal como os Yankees? As respostas estarão  nos livros de história. Se o homem não repensar sua conduta e declarar guerra à guerra, o mundo entrará no colapso da falta de segurança jurídica e o imperialismo será cada vez mais forte. O certo será certo enquanto o “soberano” disser que sim.

 

Enquanto a força for respondida com força, a inteligência perderá campo na batalha. Será que violência é mesmo a chave para a solução dos conflitos? Acende uma vela para paz. Observe, reflita, pense, critique, evolua e mude o mundo.

17 comentários:

  1. Suricate_Vinicius9 de maio de 2011 12:08

    Mude o mundo, maconheirada!
    eh noiz

    Saudações Capixabas!

    ResponderExcluir
  2. DEBATER SEUS ATOS COM SEUS PRÓPRIOS PENSAMENTOS ANTES DE AGIR NÃO É LOUCURA NEM COVARDIA, MAS SIM LIBERDADE DA PAZ EM SI MESMO!!!

    ResponderExcluir
  3. Esta é a verdadeira realidade:
    O HOLOCAUSTO BRASILEIRO A TODO VAPOR EM PLENO SÉCULO XXI.
    Imagens chocantes:
    800 mil mortos, ou, quantidade de mortos produzida pelo proibicionismo brasileiro há cada 15 anos no país: Genocídio em Ruanda.
    No caso do genocídio brasileiro, que os proibicionistas tentam negar de todas as formas, executado impiedosamente contra maconheiros e outros usuários de drogas não regulamentadas no país, a quantidade de mortos (cadáveres) produzida pelo proibicionismo em cada SÉCULO no Brasil é ao menos 7 vezes (5 MILHÕES E 600 MIL) maior do que o genocídio em Ruanda.
    Veja, também, todos os artigos legais nos quais enquadram-se todos os naziproibicionistas brasileiros, sem exceção:

    http://www.youtube.com/watch?v=UIWeRS7j8ZU

    8 MILHÕES DE MORTOS NO BRASIL HÁ CADA 100 ANOS.
    ISTO É O ODIOSO NAZIPROIBICIONISMO BRASILEIRO.
    QUEM IGNORA, DEFENDE E INCITA BÁRBARO GENOCÍDIO É GENOCIDA.
    100 xanse.

    ALÔ STF.

    ResponderExcluir
  4. osama ou obama, não da pra acreditar na paz de quem tem armas na mão.

    ResponderExcluir
  5. QUEIMA BABILONIA!!!

    aos legisladores e homens que governam por meios individuais a eles mesmos so tenho algo a dizer: queimaaaaaaaaa babilonia

    quando formos todos só 1, haverá a justiça de se viver, cada um pelos seus atos, como um passaro busca seu alimento...

    ResponderExcluir
  6. o maior governo é aquele que menos governa

    ResponderExcluir
  7. porco imperialista9 de maio de 2011 14:35

    So queria ir pra um lugar onde ninguem me julgasse pelo o que sou, pelo o que consumo e pelo o que faço. desde que minha liberdade nao intefira com a do outro, estou fazendo minha parte...

    queima babilonia, leis sao o oposto da verdadeira liberdade de espirito!

    ResponderExcluir
  8. pulmao da africa9 de maio de 2011 14:39

    quer fazer um favor à sociedade? saia dela pois ela nao te quer como pessoa, sim como instrumento do seu proprio enriquecimento, se ela te impoe dinheiro sem qualquer tipo de dialogo entao imponha o contrario sem o consentimento dela.

    democracia feita

    ResponderExcluir
  9. somos todos escravos do capitalismo e do maldito relógio.

    ResponderExcluir
  10. pra entender pq isso esta acontecendo assistam o documentario "Zeitgeist", explica tudo, procura ai q eh bom e vale a pena... abrço

    ResponderExcluir
  11. Vivemos num mundo cíclico, inclusive no que diz respeito as atitudes dos seres humanos.

    ResponderExcluir
  12. Atualizando os neologismos:
    -neonaziproibicionismo
    -neonazigenocídio
    -neonaziholocausto

    ResponderExcluir
  13. ótimo texto! todos deveriam pensar assim. :/
    violência é covardia.

    ResponderExcluir
  14. Alô, galera! Informe Urgente! Passe adiante!

    Saiu o documento que vai, finalmente, garantir o cumprimento da lei e a não prisão mais de consumidores do que seja no Brasil:

    http://cbdd.org.br/pt/files/2009/10/Hora_de_debater_e_inovar.pdf

    Também, passemos lá no blog do Denis que tem um espaço importante na Revista Veja, e que está se debatendo com os velhos proibicionistas defensores da "porta de entrada", "pípoqueiros traficantes", "malefícios da maconha", e não discutem os milhões de mortos produzidos pelo proibicionismo.
    Passemos lá e deixemos uma mensagem civilizada, desmascarando a holocausta mentira neonaziproibicionista tupiniquim.

    http://veja.abril.com.br/blog/denis-russo/drogas/industria-de-margarina/

    ResponderExcluir
  15. Alô, galera! Informe urgente!
    A coisa tá tão perto de liberar que convocaram FHC para debater no congresso a mudança - ainda este ano - da mortífera legislação naziproibicionista.
    Agora, os fascínoras proibicionistas, desesperados, pedem o retorno do 'internamento em manicômios' de todos aqueles que eles chamam de 'doentes mentais', inclusos os maconheiros.
    Companheiros. Eles acenam com a MORTE e o com o SANGUE.
    Veja o nazifascismo brasileiro escancarado em dois artigos recentes postados na Revista Veja:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-descriminacao-das-drogas-e-o-movimento-antimanicomial-duas-formas-que-os-%E2%80%9Chumanitas%E2%80%9D-tem-de-ser-perversos-sem-que-o-saibam/#comments

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/drogas-cuidado-fhg-para-nao-servir-de-desculpa-para-o-governo-%E2%80%9Cchapadao%E2%80%9D-de-dilma-que-curte-o-%E2%80%9Cbarato%E2%80%9D-de-nada-fazer/#comments

    ALÔ STF!
    APOLOGIA A 'INTERNAMENTOS EM MANICÔMIO' ILEGAIS E SEGREGAÇÃO DE RELIGIOSOS RASTAFÁRIS MACONHEIROS NO BRASIL É VIOLAÇÃO DA CF88!

    ResponderExcluir
  16. Aiiii eu queria manda um SALVE! pra galera q fuma uma baseado la do colegio SESI mga
    Salve pro COwBoy Pro Alee P/ o Correria Tb o Caruzo iii o marcellinho Vida Lokaaa
    Noix Promete q nao fuma mais na ruA de Baixoo Noix bolaa Na ruaA de CimaaA
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHA

    LEGALIZE _\|/_

    ResponderExcluir