domingo, 15 de maio de 2011

[Ed.116#] Discovery Hemp: Dr. João Menezes diz 10 Motivos em defesa da Legalização da Maconha!

Cada vez mais médicos e profissionais da saúde botam a cara para defender a legalização da Maconha no Brasil. Isso sem dúvida é traço  indicativo de grande avanço. E o DiscoveryHemp de hoje traz uma entrevista com Dr. João Menezes, neurocientista e pesquisador da erva. A conversa já começa muitíssimo bem, com uma resposta pra lá de completa e muito bem estruturada. A reportagem da Tribuna do Norte diz: “Quais são os argumentos utilizados pelo senhor para defender a legalização e regulamentação da Cannabis no Brasil?”, e a resposta começa assim: “São muitas as razões mas acho que as minhas 10 mais importantes são:


1. Não existem motivos médicos e científicos que justifiquem a proibição para o uso da cannabis por adultos;

2. As substâncias contidas na planta são muito menos perigosas e com menos potencial de causar dependência que outras drogas legalizadas e regulamentadas como tabaco, álcool, e fármacos como ansiolíticos, estimulantes e anti-depressivos apenas para citar alguns. Isto corrige uma incoerência na política de controle de substâncias de abuso;


3. A proibição produz um mercado negro muito mais deletério que o uso da cannabis. Ou seja, a legalização acarretará na redução do impacto do mercado negro sobre a economia da nação (dinheiro circulante livre de impostos e a inflação por demanda que isto provoca), sobre a corrupção policial e sobre o sistema de saúde (sobrecarregado por causa da violência);


4. O controle do uso da cannabis por menores e do abuso em geral e a possibilidade de oferecer tratamento de saúde para eventuais usos problemáticos, como dependência e síndrome amotivacional, são muito melhor realizados num ambiente de legalização e regulamentação (as pessoas afetadas não correm o risco de serem presas, não fogem das autoridades e não são marginalizadas, e o comerciante pode ser fiscalizado);


5. Fim assimetria de tratamento entre usuários ricos e pobres e da possibilidade de discriminar negros e pobres em função do uso e posse de drogas (mais de 60% dos presos no Rio de Janeiro por posse de drogas [2o maior motivo de prisão] são réus primários, destes 90% sem armas e 90% negros ou pardos (números aproximados tirados de memória do estudo de Boiteux et al., 2009);


6. Diminuição do financiamento do crime organizado (cannabis é de longe a droga mais consumida);


7. Geração de uma nova rede de atividade industrial-econômica (produção, processamento e industrias associadas como a produção de parafernália, cosméticos, têxtil, combustíveis, etc) e os benefícios que a acompanha como geração de novos empregos regulamentados diretos e indiretos, arrecadação de impostos, etc;


8. Controle de qualidade do produto, aumento da variedade de plantas por exemplo com diminuição do conteúdo de THC e aumento de canabidiol e proteção ao consumidor;


9. Maior facilidade de acesso ao potencial terapêutico do uso medicinal da cannabis;


10. Maior facilidade de realização de pesquisas básico-clínicas sobre a cannabis sativa e seus derivados.

Para ver a entrevista completa, viaje para Tribuna do Norte!

33 comentários:

  1. É isso ai galera, a cada dia me surpreende mais como essa planta ainda pode ser proibida!

    ResponderExcluir
  2. como disse o mesmo "são muitas as razoes".

    ResponderExcluir
  3. mano, são coisas tão facil de ver, pq q o governo continua proibindo...eh ridiculo!!! planeta de merda... vou fugir pra marte!!!

    ResponderExcluir
  4. Mando bem
    ele e da minha cidade...

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, Doutor.
    Lúcidas palavras que dissiparam as mais espessas trevas do neonaziproibicionismo brasileiro, que tenta implantar uma teocradura no Brasil, um Estado constitucionalmente laico e que repugna falsas teocracias barbaramente ditatoriais.
    Cristo, o Senhor, nunca participou de governos, nunca cultuou ternos e gravatas, nunca morou em mansões, nunca perseguiu criaturas, nunca andou com jóias e diamantes.
    Jesus foi traído por Judas Iscariotes, um falso profeta que, com sacos de dinheiro, vinha falsamente falar e odiar em seu Santo Nome, pregar a insânia, a discriminação, a diferenciação, a perseguição, o encarceramento, e a tortura, até a morte de Jesus, libertado depois pela ressureição...
    "Atentai, Atentai! Eis que falsos profetas endinheirados virão em meu Santo Nome!", disse o Senhor, e é verdade.
    Falava Jesus de todos os falsos proibicionistas.
    Viva a Medicina!

    ResponderExcluir
  6. José Verli Torres Junior15 de maio de 2011 20:01

    as ideias da nova geração já dão a cara no poder.. como será daqui a 10 anos? 20? 30?

    vivemos a maior revolução intelectual já passada, (até agora)... e isso graças a revolução da internet e o acesso a informação de conteúdo por parte das massas.

    ATIVISTA. ENTENDA ISTO. ESPALHE NOSSA MENSAGEM AOS MAIOR NÚMERO DE AMIGOS. A INFORMAÇÃO É O PASSAPORTE PARA A LEGALIZAÇÃO.

    Nossa vitória não será por acaso. Melhor: será embasada por argumentos foretes e coerentes!

    Não tenha medo de ficar do lado correto da história - LUTE, FALE, TRANSFORME.

    Jah Live!

    ResponderExcluir
  7. Vamos escrever uma carta para a presidenta!

    ResponderExcluir
  8. Com base nesses 10 argumentos, parece que a legalização nemteria contras :p
    e isso é uma coisa boa \o/
    ahh eu teria uma coleção de bongs aqui em casa *-*

    ResponderExcluir
  9. Porra....e é proibido tem bong malucoo? HUhauHAUhau se tu quer comprar um

    Argumentos muito bem articulados parabéns. Agora tem que debater o assunto a fundo, na política, será que eles vão querer :)

    Quem viu o debate da FOLHA de SP já viu a diferença de argumentos. =D

    legalize...

    ResponderExcluir
  10. cara tenho medo de se legalizar virar um negocio controlado,chato,mega burocratico que vai estragar ainda mais

    ResponderExcluir
  11. mtoo boa a entrevista inteira, vale a pena ler! Vlw hempadao!

    ResponderExcluir
  12. "Anônimo disse...

    cara tenho medo de se legalizar virar um negocio controlado,chato,mega burocratico que vai estragar ainda mais"

    Mas é isso, no começo [(se legalizar) acho que vai rolar, é só questão de tempo, anos e seculos, mas vai rolar] vai ser foooooooooda! altamente burocratico

    ResponderExcluir
  13. não vai ser nada burocrático se rolar um alto cultivo.

    ResponderExcluir
  14. Ja dizia Marcelo D2. "Esperem sentados, a rendicao. Nossa VITÓRIA NÃO SERA POR ACIDENTE!"

    ResponderExcluir
  15. LEGALIZE JAH! AHUEHAUEHAE

    ResponderExcluir
  16. em vez do governo ganha dinhero com comercialização da maconha, além de mais diminuir o trafico. a bebida alcoolica mata mta gente, ia cannabis alguem ja viu na tv? "jovem mata por causa de cannabis?" eu particarmente nunca.

    ResponderExcluir
  17. É O BRASIL CONTRA O GENOCÍDIO DA PROIBIÇÃO!
    É O BRASIL CONTRA O HOLOCAUSTO PROIBICIONISTA:
    100 ANOS DE NAZIPOLÍTICA PROIBICIONISTA = MAIS DE 6 MILHÕES DE MORTOS.
    DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ?
    É uma luta de todo o povo brasileiro, de todos os que sempre estiveram comprometidos com a DEMOCRACIA.

    ResponderExcluir
  18. 10 motivos pra legalizar é fácil !
    agora eu qro ver é 10 motivos pra continuar proibindo...

    ResponderExcluir
  19. Boom demais ,
    e o foda é que ainda tem gente que fica contra.
    O sabe o que ta falando, e o povo ainda num da atenção .

    Legaliza aew !

    ResponderExcluir
  20. Poh estamos "começando" Bem... Vamos Brasil ta na Hr, quer dizer ja passo da hr de Legalizar...

    ResponderExcluir
  21. sem contra argumentos, falou tudo dr.


    legalize marijuanna

    ResponderExcluir
  22. LEGALIZE NOW!!!Como uma planta tão cheia de benefícios pode ser proibida e reprimida dessa forma?? tem quem acabar com essa palhaçada no brasil o mais rápido possível !

    LEGALIZE IT!!!

    ResponderExcluir
  23. CHEGA DE IGNORÂNCIA E PRECONCEEEEEEEEEITOOSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  24. 4700 substancias toxicas, liberadas, pode fuma a vontade. Agora nossa plantinha, natural, que n mata... Proibido!! Santa ignorância

    ResponderExcluir