sexta-feira, 10 de junho de 2011

[Ed.#119] bONG: A Guarda Negligente Continua Viva e Atuante!

por Marco Hollanda

 

Foi pura ilusão acreditar que Guarda Negligente tinha batido em retirada. Bastou um pedido para que novas histórias de abuso e violência policial chegassem a caixa de e-mails da Hempada, garantindo assim a continuidade desta editoria. Nesta semana vamos viajar até Porto Alegre, onde a truculência independe do tamanho do flagrante.

 

Naquela noite de chuva na capital gaúcha os dois amigos resolveram deixar o shopping e seguir de carro até uma praça próxima, onde seria possível realizar uma carburação tranqüila. Ao estacionar em um ponto onde era possível observar toda movimentação, que não era muita grande, os dois resolveram dar os primeiros tragos.

 

Depois de muita conversa e uma ponta ainda acesa foi possível observar de longe a aproximação de uma viatura da PM. Mesmo dispensado o flagrante com segurança os quatro policias deram um bote certeiro, ordenando que dois deixassem o veículo com as mãos na cabeça.

 

Antes mesmo de ser revistado um deles já foi atacado com uma coronhada na nuca, além quase ter um dedo quebrado. Para evitar uma repressão ainda mais violenta uma das vítimas da guarda negligente resolveu entregar o único flagrante que restava: menos de 1g de maconha dentro de um pipe. Não contentes com a apreensão um dos tiras vasculhou todo o interior do carro sem encontrar mais nada que fosse ilícito.

 

Seguido a linha da ilegalidade a “punição” foi aplicada pelos próprios Tiras. Nosso amigo foi obrigado a comer a maconha, o pipe foi quebrado e os 50 reais que estavam no bolso sumiram misteriosamente após a revista pessoal. Tudo feito em um coro de ofensas e ameaças de morte no caso de uma eventual reincidência.

E você, já sofreu nas garras da Guarda Negligente? Se sim, conte sua história pra gente pelo endereço: redacao@hempadao.com!

21 comentários:

  1. Não é atoa que o nosso pais não da mais passos para frente, pessoas como essas não querem trabalhar, querem apenas roubar e se sentir superior aos outros , isso é ilusão.
    Mais como diz aquela musica, Quem planta preconceito, racismo e diferença, não pode reclamar da violência.

    ResponderExcluir
  2. A PM TEM QUE ACABAR!
    UNIFICAÇÃO DAS POLÍCIAS JÁ!
    PRISÃO PARA 'POLICIAIS' CORRUPTOS E HOMICIDAS!

    ResponderExcluir
  3. BM de porto alegre da NOJO

    ResponderExcluir
  4. pelo menos deu pra pega um haxi do pipe xD

    ResponderExcluir
  5. hugo valente Conte10 de junho de 2011 10:22

    pipe n da haxi, aquela rezina so fede e faz mal

    ResponderExcluir
  6. É nisso que dá entregar armas nas mãos de semi-analfabetos.

    Tem que acabar com pm e fazer concurso de nível superior.

    ResponderExcluir
  7. No Rio, até apóio os bombeiros, desde que as polícias não se juntem ao movimento deles.

    Se tiverem apoio da polícia, bombeiros perdem apoio da população.

    Saco cheio de ficar especulando, pensando sobre esse mais do mesmo eterno.

    Fardados sem alma, vendidos ao capeta.

    ResponderExcluir
  8. "Porcos fardados seus dias estão contados..." Tô começando a desacreditar....

    ResponderExcluir
  9. é guarda negligente

    mas vcs bobearam.. andar com tamanha pala no carro... não dispensar paradinha...
    quem é maconheiro tem que ser ligeiro..

    sejam mais espertoooooooooos abrasss

    ResponderExcluir
  10. Bando de filhos da ****! PM Raça do *******!

    ResponderExcluir
  11. Burlando estatísticas pra trouxa ver: número de assassinatos diminuiu no RJ...Será?

    Triplica número de mortes violentas sem causa determinada.

    Não pode divulgar a verdade, se não perde o cargo.

    Esse filme não para de repetir.

    "Há três anos, a antropóloga Ana Paula Miranda foi demitida da direção do ISP após a entidade ter registrado um número recorde de mortos pela polícia. ..."

    http://www.cartacapital.com.br/politica/rj-numero-de-mortes-violentas-triplica-em-quatro-anos

    ResponderExcluir
  12. Mídia prostituta (há de estar com dias contados) não divulga greve funcionários Volskvagen.

    Mídia prostituta não fala que na Islândia a população derrubou o governo tomou pra si o que é de direito: o poder. Banqueiros fugiram e os que ficaram foram pra cadeia.

    ResponderExcluir
  13. Tem que soltar traficantes que nunca roubaram e nem mataram e prender os policiais corruptos.

    Tem que construir uma penitenciária em alto mar, feita de cânhamo, e condenar porcos fardados e políticos corruptos a prisão perpétua.

    ResponderExcluir
  14. ai que ta....

    de duas uma, ou da o sermao, dispensa e vaza..

    ou leva pra delagacia como deve fazer o cidadao que veste farda, seguir as leis escritas, nao a lei deles.

    nada justifica a violencia.

    ResponderExcluir
  15. São sem-noção armados.

    Esta bosta se chama estatismo.

    Aí vem os 'escoteirinhos' com diploma de bem comportado dizer que as FARC são 'malvadas'. São é heróis da resistência, isso sim.

    ResponderExcluir
  16. hey, policia
    maconha é uma delícia

    ResponderExcluir
  17. cara ja ta na cultura do Brasileiro, que policial tem que dar esculaxo em maconheiro, vai ser sempre assim, a populacao nao sabe votar, dao poder para quem nao sabe usar e é isso que da,e outra coisa ficar afrontando a policia como nosso amigo anonimo aqui em cima é a pior merda que se faz, tem que vencer o poder com inteligencia nao com demencia,
    woody

    ResponderExcluir
  18. CONCRETE JUNGLE
    ilusão, confusão!!

    ResponderExcluir
  19. Woody tem razão.

    Só um detalhe: a questão não é exatamente demência, é raiva.

    ResponderExcluir
  20. os caras ganham menos de 1000 pra combater o crime... acabam descontando em nos pobres maconheiros

    ResponderExcluir