sexta-feira, 1 de julho de 2011

[Ed.122#] THCélebre: Será que Shakespeare fuma Maconha? Eis a Questão…

 

Ser ou não ser? Eis a questão? Versos célebres na voz de Hamlet, clássico escrito por nada mais nada menos que um dos mais importante de toda literatura mundial. A matéria acima levanta uma questão já antiga, com a única novidade da tentativa do pesquisador em buscar informações definitivas nos ossos do escritor. Mas desde 2001 a BBC já havia noticiado o fato, que sofreu inclusive aversão de grupos conservadores estudiosos e admiradores de Shakespeare. Teria um dos maiores gênios da dramaturgia fumado maconha para aguçar sua criatividade? As evidências mostram que sim.

15 comentários:

  1. olha o tom de sarcasmo destes alienados.

    ResponderExcluir
  2. "MA-CO-NHA",
    que entonação da porra.

    ResponderExcluir
  3. o cachimbo tirou qualqúer dúvida naum??

    ResponderExcluir
  4. "Hábitos pouco ortodoxos". Mas a maconha é bem ortodoxa, porque é usada a milênios.

    ResponderExcluir
  5. apesar de que nos dias de hoje é heterodoxo o uso dela.

    ResponderExcluir
  6. "Fumar ou não Fumar" Thats the question...

    ResponderExcluir
  7. CERTEZA!!! Legalize_\|/_Jah

    ResponderExcluir
  8. ultimamente tem aparecido tantos fumosos :D

    ResponderExcluir
  9. Agora Agent Sab Q Shakespeare Não Sabia Apetar, neh, Fuma no Cachimbo :~~

    ResponderExcluir
  10. Para os pesquisadores n adianta ver, precisa lamber.

    ResponderExcluir
  11. maconha era mato pra esses pensadores ai e pintores da época...os cara tomava varios alucinógenos, varias plantas mto crazy, iam além mto além.

    ResponderExcluir
  12. Grandes nomesa da literatura, música, filosofia, artes e demais ramos intelectuais faziam e fazem uso de maconha e de outras substâncias. Levando-se em consideração que muitas das obras destas pessoas são de extrema ousadia e mostram visões um tanto quanto paralelas das coisas, podemos com grande convicção afirmar que Shakespeare era apenas "mais um" apreciador da erva.

    ResponderExcluir