domingo, 28 de agosto de 2011

Maconha Medicinal – Pesquisa mostra Danos Leves e Reversíveis [Discovery Hemp #131]

Hoje o Discovery Hemp tem pauta importada da High Times, revista norte-americana sobre maconha, e o texto traduzido pelo blog Tudo sobre Plantas. O estudo comprova algo que muita gente sabe. Além de não causar danos graves e permanentes, a maconha ainda pode ajudar pessoas a largarem o vídeo da cocaína e outras drogas. Veja abaixo:

 

“Os resultados de dois estudos de cannabis incentivando foram liberados no final de julho, com uma sugerindo que a maconha pode ser usada para conter o vício em cocaína, enquanto os outros relatórios que usam maconha não está vinculado a longo prazo disfunção cognitiva.

 

O último estudo foi conduzido pelo Centro de Pesquisa em Saúde Mental da Universidade Nacional Australiana e examinou mais de 2.000 adultos entre os 20-24 anos (no início do estudo) durante um período de oito anos.

 

Armado com tais dados abrangentes, os pesquisadores concluíram que o uso de maconha tem pouco efeito a longo prazo negativos na aprendizagem cognitiva e de memória, e que qualquer dano que possa ocorrer devido a maconha é reversível, o que voa na cara do velho argumento de que maconha causa permanente deficiência mental.

 

Quatro categorias participantes foram estudados; “usuários pesados” (pelo menos uma vez por semana), “Os usuários leves” (uma vez por mês), “ex-20060720-canabisusuários” (não fumado em pelo menos um ano) e “não-usuários” nunca (fumada ).

 

Testes de memória e inteligência foram administrados três vezes ao longo do período de oito anos do estudo. Os resultados iniciais parecem indicar uma grande disparidade entre os fumantes de maconha circulante e não-usuários, mas quando foram feitos ajustes para as variáveis ​​como educação e gênero, houve pouca diferença entre o funcionamento cognitivo dos usuários e não usuários.

 

À medida que avançamos da cognição à cocaína, um estudo divulgado na semana passada e publicado pela Nature indica que a ativação do receptor CB2 nos cérebros de camundongos reduziu drasticamente o consumo.

 

Pesquisadores descobriram que, ativando o receptor canabinóide através do composto canabinóide sintético JWH133, a entrega de cocaína por via intravenosa em ratos foi reduzida em 50 a 60 por cento. JWH133 é uma forma sintetizada da CBD, compostos canabinóides que não te deixa chapado, mas têm benefícios de saúde inúmeras, incluindo a possível prevenção da doença de Alzheimer.

 

Zheng Xiong-Xi, principal autor do estudo e pesquisador do Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas disse à Time que é uma “redução significativa”. JWH133 é considerado um forte candidato para o tratamento anti-vício porque não produz efeitos psicoativos altos. A próxima fase desta pesquisa incidirá sobre os potenciais efeitos colaterais do tratamento CBD como na dependência de cocaína.”

26 comentários:

  1. Argumento baseado em pesquisa científica é irrefutável. Viva a erva.

    ResponderExcluir
  2. usuarios pesados uma vez por semana, ta tirando ne? e quem fuma todo dia o que acontece? alem de viver mais feliz... hahaha

    ResponderExcluir
  3. “usuários pesados” (pelo menos uma vez por semana)"
    caralho, se pelo menos uma vez por semana eh usuario pesado, eu devo ter uns 300kg

    ResponderExcluir
  4. ...\|/... Educate . Medicate . Regulate ...\|/...

    ResponderExcluir
  5. hauahauah se fumar 1 por semana é usuario pesado , eu sou um usuario obeso

    ResponderExcluir
  6. só pra corrigir, na última frase lá em cima tá escrito "a maconha ainda pode ajudar pessoas a largarem o vídeo da cocaína e outras drogas"

    não seria "largarem o "vício" da cocaína" ?

    ResponderExcluir
  7. por dia eu queimo uns 2 pra mais

    ResponderExcluir
  8. A mídia não passa essa informação pra população e isso que torna a visão sobre maconha uma visão fudida dentro do Brasil.

    ResponderExcluir
  9. kkkkkk usuário pesado uma vez por semana é imbaçado visse!
    mas a pesquisa já confirmou o que muitos sabiam! viva a erva de deus!

    ResponderExcluir
  10. Achei que iriam comentar também dos danos ao sistema respitarório que por sinal são reversíveis também.

    Viva a erva. Maconha é saúde!

    ResponderExcluir
  11. "kkkkkk usuário pesado uma vez por semana é imbaçado visse!
    mas a pesquisa já confirmou o que muitos sabiam! viva a erva de deus!"

    Eles quiseram dizer que consideram "usuário pesado" quem fuma 1 baseado no mínimo por dia. Pode ser 1 mas também pode ser 2, 3, 4...

    ResponderExcluir
  12. Eu so muito lerdo, Explica ai largarem o vídeo da cocaína ?

    ResponderExcluir
  13. quero só vê, em um ou dois anos esses hipócritas não vão te mais qualquer argumento pra proibi a erva
    isso ai hempadao!! através da ciência quebrando tabu!!

    ResponderExcluir
  14. Rafa Kayaman-SALVADOR28 de agosto de 2011 22:44

    Sou usuário "Peso Absoluto" então é? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. queimo 6 por dia e agora ?

    ResponderExcluir
  16. hahaha Só tem obeso nessa porra! Bate aqui, rapaziada. E nói peso pesado! o/

    ResponderExcluir
  17. kkkkkkkkk só tem gordo maconheiro aki entao

    aeeauhaueae , zuera ,
    mas enfim , a erva ta cada dia me surpreendendo e o hempadao tbm :D
    LegalizeJA!!!

    ResponderExcluir
  18. é nois manooo, viva a obesidade canabinóide!

    ResponderExcluir
  19. Sou um usuário mais que obeso, mas to rindo a toa

    ResponderExcluir
  20. além de ser gordo fisicamante, sou gordo maconheiramente... brizza

    ResponderExcluir
  21. CABEÇAS GOOOORDAAAS !

    é isso ae somos todos gordos
    e bem informados
    com o Hempadão que tah ae
    e decha a gente por dentro
    de tudoO !

    ResponderExcluir
  22. "high five pros usuarios obesos entao o/ kkkkk

    e nois!

    ResponderExcluir
  23. Isso pq eu me achava um usuário leve umas 3/4x por semana hahahahaha

    ResponderExcluir