quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Camarim do Rock in Rio: Lemmy e a Bandeira da Legalização da Heroína!

Bem que nos avisaram que no terceiro dia de Rock in Rio a coisa ia ficar um pouco mais pesada. Nossa primeira parada foi o camarim do Motörhead, que teve seu surgimento diretamente relacionado a problemática das drogas. Isso porque o lendário Lemmy Kilmister decidiu fundar a banda após ser demitido do Hawkwind por conta de um flagrante de posse de anfetaminas em um aeroporto do Canadá. O próprio nome Motörhead presta "homenagem" a uma gíria norte-americana para usuários de anfetaminas.

 

Mas a história mais polêmica envolvendo Lemmy e as drogas aconteceu em 2005 no pequeno País de Gales. Aos ser convidado por um político conservador local para participar de um debate anti-drogas no parlamento o baixista bigodudo acabou deixando os caretas arrepiados quando proferiu o seguinte discurso:

 

"Eu nunca havia usado heroína, mas quando me mudei para Londres em 1967 passei a andar com viciados quase diariamente. Odeio essa ideia mesmo ao proferi-la, mas a única maneira de lidar com a heroína é legalizando-a", disse Lemmy destacando que a proibição agrava ainda mais os danos da "droga mais destrutiva do mundo".

 

É provável que boa parte dos defensores da legalização da maconha também se assuste com a proposta de tornar a heroína legal. Mas na prática o discurso de redução de danos cabe muito para os dois casos. Deixar o controle de qualquer droga na mão do mercado negro é a pior alternativa em qualquer circunstância. Acreditar na erradicação do uso é ainda mais utópico. E para os desavisados é importante lembrar que a heroína também já teve seus dias de legalidade. Olha só quem era o responsável pela produção!

23 comentários:

  1. Legalizar talvez não, mas descriminalizar e criar casa para os viciados, como na alemanha e em outros paises da Europa.

    ResponderExcluir
  2. Se é BAYER, é bom...

    ResponderExcluir
  3. nada a ve fala de heroina no hempadao

    ResponderExcluir
  4. Proibição contra qualquer tipo de droga nunca e o caminho certo,a pessoa que e viciada em heroína no caso,não e uma criminosa !

    ResponderExcluir
  5. ópio para substituir heroina

    ResponderExcluir
  6. concordo com o cidadão acima...

    infelizmente sempre haverá a demanda de outros tipos de droga. Creio que legalizar não é o ideal , pois acho que não se deveria incentivar a heroína, mas, sim, descriminalizar para que o Estado ampare os usuários.

    ps: Lemmy é um dos poucos que vai salvar o ''Merda in rio''

    ResponderExcluir
  7. ops rsrsrs... eu concordo é com o anônimo das 19:33 ..

    ResponderExcluir
  8. http://www.escohotado.com/articles/cartaalamadredeuntoxicomano.htm

    ResponderExcluir
  9. Quantos caretas, meu deus!

    Vocês usariam heroína se fosse legal? Aposto que a maioria não. Se apenas descriminalizar o uso haverá ainda demanda e portanto produção e portanto me digam quem vai lucar com isso? O tráfico. E qual é a única forma de tirar o poder e o dinheiro do tráfico? Passar a produção e seus meios para as mãos do Estado.

    O outro ali falou " nada a ver falar de heroina no hempadao". COMO ASSIM? QUE PORRA É ESSA? Cara, é claro que devemos falar sobre isso, deve se discutir tudo sobre tudo, principalmente porque hoje temos que desvincular o uso da maconha do consumo de outras drogas.

    Abram suas mentes.

    ResponderExcluir
  10. Não concordo com a proibição, nem com uso.
    Como diria o Jargão Americano:
    "Diga não as Drogas" (quer dizer tenha a opção de dizer não), fume uma erva e fique legal.
    E têm aquela outra frse:
    "ninguem prescisa de drogas pra viver"
    Só mulher, dinheiro, arroz e feijão e maconha, o resto é luxo.

    ResponderExcluir
  11. Meu pai é um que diz que tem que libera tudo, até cocaina, pq só assim vão saber a proporção da coisa e conseguir "agir", além de acabar com o negócio dos traficantes.

    ResponderExcluir
  12. Antes os caretas que misturavam o assunto.

    Agora somos nós mesmo! HEROINA? vsf

    ResponderExcluir
  13. É triste ver que muitos usuários de maconha, defendem a legalização da mesma, porque é conveniente para eles, e quando o assunto é outra droga, eles tomam a mesma postura dos proibicionistas que tanto criticamos.
    As drogas SEMPRE existiram e SEMPRE vão existir, usuários e viciados também, creio que o caminho mais sensato é o da legalização de todas as drogas, pois assim o trafico se enfraqueceria, os usuários de todas as drogas poderiam ter uma qualidade de vida melhor, sem falar na chance de um viciado poder se recuperar com acompanhamento adequado, o que seria muito mais palpável se o governo parasse de investir na proibição, com todo dinheiro gasto na repressão as drogas, poderia ser criado um estrutura eficiente para reabilitação.
    Nunca vamos ter um mundo livre das drogas, por isso a sociedade tem que aprender a lidar com elas, mas para que a relação da sociedade com as drogas não seja altamente destrutiva, temos que tirar o usuário da ilegalidade, agora se as pessoas acham que bater, prender ou matar vai resolver a atual problemática das drogas, então vamos continuar enxugando gelo.

    ResponderExcluir
  14. LEGALILAZÃO NÃO TEM NADA A VER COM INCENTIVO DO USO DA SUBSTÂNCIA
    FELIPE MOURÃO VOCÊ ESTA EQUIVOCADO!

    ResponderExcluir
  15. LEGALIZE TUDO!!!

    Só assim teria drogas com boa qualidade, mesmo sendo a mais distrutiva! e só assim teria uma base de cálculo verdadeira.

    Sem contar que não existiria tráfico!

    ResponderExcluir
  16. Liberte suas mentes,somos seres livres pra fazermos o que bem quisermos,e ninguém pode nos proibir de viver a nossa vida .
    amor e paz !

    ResponderExcluir
  17. na dinamarca a heroina é dada aos viciados em hospital, isso abaixou a criminalidade, e a poluiçao visual no centro das grandes cidades

    ResponderExcluir
  18. tem que nao só descriminalizar como legalizar vender mesmo todo mundo sabe o oque acontece as crises de absistinencia e mesmo assim acabam usando nao existe soluçao e sim controle de danos

    ResponderExcluir
  19. o pessoal se diz maconheiro legalize, rastafari q nao julga ngm q cada um faiz oq quer e ficam julgando quem usa heroína. vai tomar no cu, do mesmo jeito q vc não gosta q um careta te trate diferente por fumar sua erva nao deve fazer o mesmo com o cara ali só pq ele gosta de uma droga mais forte. se o cara gosta ele q se foda. LEGALIZA TUDO!

    ResponderExcluir
  20. po maconheirada, não enfraquece a amizade não .... faço das palavras do pedro as minhas, é isso ai mesmo.

    ResponderExcluir
  21. faço das suas, as minhas palavras Pedro.
    Mas NÃO É POR ACASO QUE ESSAS DROGAS SÃO ILEGAIS. A arrecadação gerada por esse mercado (que por acaso é o segundo item do comercio mundial, batendo o setor automobilistico e até mesmo o dinheiro gerado pelo petróleo) movimenta muitos outros legais ou ilegais (como é o caso do mercado bélico - o líder mundial).
    O governo e os "grandes" não deixam de arrecadar com essa prática só não precisam justificar onde investem esses fundos já que supostamente eles não existem.
    Esse é o sistema do qual os reggaeiros tanto falam, em que uma questão como essa é muito mais profunda do que simplesmente o que REALMENTE seria o melhor para TODOS.
    Aliás, vale ressaltar que as drogas não existiam antes de serem criadas pelo homem (por sinal esses mesmos "homens") e exatamente por esse motivo que só faço uso da ganja que foi criada por Ele.
    Pode parecer papo de lunático, apenas uma briza, mas é o que é, the Babylon system!

    ResponderExcluir