sábado, 15 de outubro de 2011

Curumin – Trilha sonora indicada para o chá na brasa! [#Discolized Ed. #137]

por Gustavo

 

Natural de São Paulo, Luciano Nakata Albuquerque, o Curumin, começou a se interessar por música aos oito anos de idade, quando substituiu bateria por panelas em uma banda formada por amigos de sua escola. Mais tarde, aos 14, o descendente de japoneses e espanhóis já fazia suas pontinhas tocando percussão e bateria em casas noturnas da capital paulista.

 

Depois de adquirir certa experiência se apresentando para o público paulistano, Curumin ganhou destaque no cenário nacional e passou a acompanhar diversos nomes de respeito da MPB, como Paula Lima, Vanessa da Mata, Céu e Arnaldo Antunes, sempre na função de baterista.

 

 

Eis então que para o bem de nossos ouvidos, o samurai da música brasileira resolveu lançar, em 2003, seu primeiro trampo em carreira solo, o álbum Achados e Perdidos. Recheado com 12 faixas que mergulham de cabeça em uma fina mistura sonora marcada por gêneros como o funk , samba, jazz, rock e rap, o primeiro trampo do cara, que conta com a participação especial do coletivo Instituto na música Índio Dança na Roda, tem seu destaque nas tracks Samba Japa, Tudo Bem Malandro, Vem Menina e Guerreiro, escolhida para representar o brasa na trilha sonora do jogo Fifa Street II.

 

Guerreiro

 

Sem deixar a peteca cair, Curumin deu continuidade aos trabalhos e apresentou, em 2007, o disco Japan Pop Show. Lançado simultaneamente em terras brasileiras, estadunidenses e japonesas, o petardo traz treze músicas que merecem toda sua atenção enquanto estiverem ecoando no volume máximo dos falantes. Graças a músicas como Sambito, Magrela Fever, Kyoto, Caixa Preta e Compacto, a produssom, que também traz Turbo Trio, Tommy Guerrero, Marku Ribas, entre outros, tocando e cantando ao lado de Curumin, ganhou ainda mais moral na praça depois de ser eleito pela revista Rolling Stone Brasil como o sétimo melhor disco lançado no país naquele ano.

 

Compacto

 

Pegue seu enrolado, aumente o volume das caixas e viaje na viagem!

 

 

11 comentários:

  1. Esse cara é foda!! Muito bom o texto!

    ResponderExcluir
  2. Documentario "GRASS"

    http://www.youtube.com/watch?v=sQvzzyBKpEs&feature=BFa&list=PL807F640A44CC015A&lf=results_main

    Essa com certeza não é somente a maior mentira contada no mundo, mas é também o maior caso de ingratidão da história, pois o Cannamo contruiu os EUA, a cannabis teve que ser retirado no futuro com o Mito da maconha ser uma droga. É ironico como as leis de Deus sempre prevalecem até acima das americanas, usaram o mito da maconha pra tirar a cannabis de circulação, hoje a população mundial exige a volta da cannabis sativa para a maconha.
    Esse video relata as estrategias e manipulação de informações, que os grandes produtores de petroleo usaram e usam até hoje para tentar enganar a população.
    Eu diria que o Brasil está no nivel do inicio dos anos 70 lá, quando começaram a usar as instituições religiosas para propagar essas ideias, nada contra nenhuma, mas como já dizia um sabio de 2 mil anos atrás:
    "cuidado com os falsos profetas"
    Nesse documentario vc poderá ver noticias como, os homicidios causados pela erva maldita, homens adutos que criam seios depois fumar a erma do diabo, policiais fumando cigarro e afirmando que os doentes de maconha devem ser combatidos, e até pessoas com sindrome de perseguição matando o outro a pauladas pq fumou um cigarro natural.

    ResponderExcluir
  3. Adoooooooreiii galera! Muito bom ter matérias desse tipo.. boaa!!

    ResponderExcluir
  4. Matérias desse tipo, que nos apresentam musicas boas, artistas bons, é fundamental, pois a cena nacional está feia, mas também está bonita, o problema é que parece mais garimpo que tudo.

    ResponderExcluir
  5. muito bom, parabens pela materia hempadao

    ResponderExcluir
  6. parabéns hempadão!! ótima indicação com matéria de conteúdo..

    ResponderExcluir
  7. parabéns pela matéria do Curumim,,,ótima indicação e ótimo texto,,,,que venham mais matérias assim,Hempada

    ResponderExcluir