terça-feira, 8 de novembro de 2011

A Ciência como Inimiga dos Defensores da Proibição da Maconha! [Chapa2 #141]

Duas notícias publicadas pela grande imprensa na semana passada devem ter provocado a fúria dos leitores e seguidores do Reinaldo Azevedo. Afinal, elas jogam no lixo dois dos clássicos argumentos usados pelos proibicionistas para defender a criminalização da maconha.

 

Eles dizem: "se a maconha for legalizada haverá uma explosão do consumo, deixando a juventude alienada e sequelada!" A estatística diz : "A legalização da maconha medicinal no estado de Rhode Island (EUA) não elevou o consumo da erva!"

 

Para chegar a esta conclusão os pesquisadores do Rhode Island Hospital analisaram dados de 32.750 estudantes do Estado em compararam com Massachusetts, onde a maconha não é legal. Os resultados apresentados na reunião anual da Associação Americana de Saúde Pública não apontaram nenhuma diferença significativa entre as estatísticas de consumo dos dois locais.

 

Insatisfeitos com a derrota no primeiro round os caretas acendem um cigarro para relaxar e rebateram: "mas a maconha é porta de entrada para outras drogas!" A ciência contra-atacou afirmando que "a nicotina que pode funcionar como porta de entrada para a cocaína".

 

Na pesquisa realizada na Universidade de Columbia (EUA) foi descoberto que nicotina promoveu uma mudança no DNA de camundongos, principalmente em um gene ligado à dependência química chamado de FosB. Durante sete dias os ratinhos beberam água misturada com nicotina. Depois as doses passaram a conter nicotina e cocaína. O resultado deste experimento foi que os animais se tornaram mais vulneráveis a cocaine, aumentando assim a possibilidade de desenvolvimento da dependência.

 

Inconformado, o careta solta uma baforada e rebate: "mas essa análise só foi feita com ratos!" Mal sabe ele que a segunda parte do estudo comparou o trabalho realizado na Universidade de Columbia com uma pesquisa feita em todo território norte-americano sobre as consequências do uso de álcool e tabaco. Este segundo estudo mostrou que a chance de desenvolver uma dependência de cocaína é maior entre aqueles que já faziam uso do cigarro.

 

Mas calma, galera! Não estamos aqui para defender a proibição do álcool ou do tabaco. Não queremos ver titios, vovôs e os ditos "homens de bem" entrando na biqueira em busca do cigarrinho ou de uma dose pinga. Nossa experiência com a maconha é suficiente para concluir que a proibição é a pior das estratégias para tentar reduzir os danos provocados pelo uso de drogas.

 

E continuamos amigos de todos os caretas. Sem ressentimentos!

18 comentários:

  1. um dia o mundo vai aceitar a verdade...

    ResponderExcluir
  2. O unico motivo para dizer que a maconha é a porta de entrada para outras drogas, é porque quem vende maconha também vende as outras drogas. se a maconha fosse legalizada, se a comercializaçao dela nao dependesse de traficantes, nunhum jovem ficaria vulnerável a conhecer as demais.

    ResponderExcluir
  3. pois é, bróderes. todavia, os caretopatas declararam guerra aos 'drogados', entre os quais incluiram os 'maconheiros' como símbolo maior de sua sanha odiosa. assim, bróderes, guerra é guerra. acho que tem sim que proibir o careta e a cachaça e prender todos os consumidores de álcool e tabaco até liberarem a maconha, simplesmente porque já provaram que a maconha está muito atrás do álcool e do tabaco quando o assunto é dano à saúde (pública inclusive).
    também deveria o brasil fazer um plebiscito com uma pergunta muito simples:

    VOCÊ É FAVORÁVEL À PROIBIÇÃO DA MACONHA E DE TODAS AS DROGAS AINDA MAIS DURAS E MAIS PREJUDICIAIS DO QUE A MACONHA?
    SIM OU NÃO?

    esta é a grande pergunta a ser feita. lembrem-se, quando os proibitivistopatas falarem em 'plebiscito', a pergunta é FUNDAMENTAL, e a pergunta CERTA está feita aí em cima.
    brá.

    xeque-mate nos caretopatas.

    ah, os que são caretas mas não são psicopatas a perseguir maconheiros têm todos o dever moral de apoiar o fim da insana e genocida proibição e perseguição brasileira, que já matou milhões de brasileiros nos últimos 100 anos.

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente não consigo entender como as pessoas apoiam essa guerra sanguinária contra as drogas que reprime o pobre e favorece o tráfico e os corruptos...

    Contra fatos não existem argumentos, legalize.

    abs

    ResponderExcluir
  5. Texto verdaderíssimo! Parabéns Hempada!

    ResponderExcluir
  6. A verdade é clara...eles dizem q faz mal sem ter nossão d seus argumentos...e querem por q querem com a força do braço (P-O-L-I-C-I-A), arrancar d nós a verdade...deturbando tudo oq dizemos e falamos...a Marcha desse ano foi prova disso...Bombas, balas d borracha e gás d pimenta...sem c quer alguém ter agredido um policial...

    ResponderExcluir
  7. Proibido proibir.

    ResponderExcluir
  8. A unica coisa que ahco engraçado nos proibicionistas, é que eles não sabem de nada do que falam, tem gente que diz que mconha mata e vicia, mas ninguem sabe nem ao menos algum componente existente na planta e nem sabem explicar o pq de a droga levar ao consumo de outras, e ainda nem sabem que a maconhya era legalizada lá pelos anos de 1900, alem da desinformação, ainda tem a hipocrisia desse bando de gente alienada que fica falando que a droga é uma merda, falando que não deve legalizar nada, ora, temos alcool e nicotina, que matam a vera, apenas duas drogas, não seria mais facil proibir cerveja e cigarro então??? não entendo esse povo, eu heim!!!

    ResponderExcluir
  9. camila das graças8 de novembro de 2011 19:00

    a verdade é essa mesmo.... mas num pode ceder não uai.... careta o pensamento.... se fuma e curte num fica ai do outro lado da corda não.... tacando pedra e depois vem se explicando pedindo perdão.... vamos disseminar o real “minha vida, é o que sou”, que essa parada de faça o que eu digo e não faça o que eu faço ta por fora..... vai ter bala de borracha.... vai ter braço no braço.... mas mesmo assim vai ter um tanto de brother e é por isso que eu vou. Todo mundo sabe o lado da verdade, procurar se informar, ler conhecer ai depois disseminar a real dos fatos.... nossa adorei a matéria um assunto que leva ate estatísticas e ainda é engraçado parece que se ta ouvindo a pessoa contar sobre o assunto para vc.... kkkkkkkkkkk.... muito bom.... ai paz a todos....

    ResponderExcluir
  10. Cada vez mais eu vejo vantagens em não fumar cigarro!!! to ligado de um amigo meu q é chegado em dar uns tiro... e qnd ele ingata, 1 carteira de cigarro é pouco em 2 hrs... o mlk fuma igual puta apaixonada e cheira sem parar! e eu la de boa no beckzinho so curtindo a brisa e falando pra ele sair dessa! mais cada um faz oq quiser da vida que tem. Agnt ainda tenta ajudar, mais ngm pode parar de fumar e cheirar por ngm!

    ResponderExcluir
  11. Excelente texto!
    Parabéns hempadão.

    ResponderExcluir
  12. http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=193406

    é pra hj eim:
    Se liguem na terceira pauta ADI 4274, vamos fazer uma torcida ai!!!!
    Informe seus amigos, vamos dar mais essa audiencia para TV Justiça, quem não tiver a cabo pode assistir por esse site.

    ResponderExcluir
  13. A verdade está dita. Acabei de conversar com um congressista. Sabem o que a "Vossa Excelência" falou?!
    "- Sabemos,(referindo-se aos seus iguais), que dentre as drogas, a menos prejudicial, (até mesmo que as drogas lícitas), é a maconha. Mas meu caro Dinho, tu achas que vamos legalizar a maconha, podendo sofrer com isso alguma represália dos Estados Unidos?" - Mas Vossa Excelência, onde está a nossa soberania? E com um risinho sarcástico e irônico ele me respondeu: "- São outras verdinhas que nos garantem a "preciosa" soberania." risos, (da parte dele, é claro). É mole ou quer mais?!

    ResponderExcluir
  14. Veja bem, se num país onde um político limpa a bunda com a constituição ao fazer calar-se um grande jornal "O Estadão", em deferimento a um familiar... (confrontando e desrespeitando uma lei pétrea). Não podemos ficar brabo com um estrangeiro,(chefe de estado), que veio ao Brasil e disse:"- Este país não é sério."

    ResponderExcluir
  15. Tomara que um dia o povo acorde mesmo, a maconha só faz bem. Depois que comecei a fumar, minha depressao sumiu, parei de ser estressada analiso as coisas com mais calma, vejo a vida de um jeito melhor, que nao conseguia entender antes. Maconha é um calmante natural, é remedio feito por Deus.

    ResponderExcluir
  16. òtimo artigo, parabéns galera do hempadão ;D
    principalmente o ultimo paragrafo.. haha genial

    ResponderExcluir
  17. só quem não quer é que não ve!

    ResponderExcluir
  18. -Tem problemas com drogas?
    -Não... só com a polícia...
    tenho dito... kkk

    ResponderExcluir