sexta-feira, 9 de março de 2012

Nem a Guarda Suporta Mais a Repressão! [bONG Ed. 158#]

por Marco Hollanda

Nessas viagens pelo Brasil eventualmente encontramos policiais coma consciência que a repressão ao uso de drogas ilícitas representa um enorme desperdício a atividade policial. No caso desta semana temos o relato de um casal que curtia a brisa do Mar em Matinhos, no Paraná.

 

Naquela noite os dois caminharam até as pedras a beira-mar para fumar um bem bolado e celebrar o amor curtindo o belo visual do litoral. No terreno dominado pela paz tudo parecia perfeito para uma carburação tranquila até que os dois foram surpreendidos por um policial que fazia uma ronda no local.

 

Na hora, o beck estava com a menina que ficou nervosa e não consigo dispensar o flagrante no mar. O Tira agiu rapidamente ao se apoderar do baseado e logo em seguida convidou os dois para uma caminhada até o local onde a viatura estava estacionada. No caminho rolou uma conversa sobre legalização, mas o policial educadamente respondeu que a maconha ainda é proibida e ele tinha que tomar alguma providência.

 

Depois de mais alguns passos os três chegaram a base policial e o PM que estava lá também entrou na negociação. Quando percebeu que o papo era sobre o ativismo em defesa da legalização da erva ele inflamou o velho discurso proibicionista e diante dos argumentos opostos perguntou se o casal estudava direito para contradizer a opinião dele. Como o homem de farda estava cada vez mais exaltado os dois optaram por jogar na defensiva.

 

Ao relatar o caso para o superior a policial mais gente boa ouviu do seu comandante que ele mesmo deveria decidir sobre o desfecho daquela ocorrência. Então ele chamou o casal para uma conversa, pediu o baseado que nosso amigo já tinha avisado que estava no bolso, amassou o beck com a mão, anotou os dados pessoais dos dois e deu a ordem para deixarem o local.

 

Longe dali, o casal escolheu um lugar mais remoto para queimar outra tora com mais segurança!

 

Se você já foi vítima da guarda negligente envie um relato para redacao@hempadao.com

24 comentários:

  1. Sei não... Prefiro não confiare agir sempre na defensiva!

    ResponderExcluir
  2. Todos os homens, ao nascer, tem direitos naturais: direito à vida, à liberdade e à propriedade. Para garantir esses direitos naturais, os homens criaram governos. Se esses governos, contudo, não respeitam a vida, a liberdade e a propriedade, o povo tem o direito de se revoltar contra eles. (John Locke)

    ResponderExcluir
  3. foda se os coxinha!

    se o cara tava sozinho fazendo ronda tinha q por a cabeça dele debaixo dagua até espumar pela boca!

    ResponderExcluir
  4. uahuhauhua
    Valew HEMPADAO, publicaram minha história, essa vou mostrar pra minha esposa.
    Valew

    Legalize PR

    ResponderExcluir
  5. Ta na hra de Legalizar9 de março de 2012 10:58

    Ai hempadao vcs ja devem ter percebido nem mesmo os policias tao danu muita moral pra quem ta com maconha(usuarios)!

    E isso no fundo eh melhor, odeio esses porcos , porem alguns estao passando um pano e dexando ir embora ateh com a erva as veses....Quem sabe um dia eu nao podereia fumar um andanu na praia nem ligando pra policia ou nao....fumando e tiranu uma brisa igual td mundo faz com o nojento tabaquinho :s

    Eh nois Hempadao junto lutando p/ legalização

    ResponderExcluir
  6. em praias daqui de SC e Pr, os PM nem tão mais ligando não viu, na minha opnião por ser em matinhos o ocorrido, o pm fez demais só por ter levado eles pra delegacia... Eles só vão atras se tiver denuncia, ai eles são obrigado a fazer o serviço deles...

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. STF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STFSTF, STF, STF, STF

    julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização julga descriminalização

    ãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoãoão

    ResponderExcluir
  9. ih, caralho, fiz merda, meu texto saiu da caixa. vou correr antes q puliça chegue.

    ResponderExcluir
  10. to brisado jahjahjajhajh

    ResponderExcluir
  11. Tem que dispensar, nao da pra dar bobeira... afinal caso ele ache o destino será o mesmo que se o flagrante for simplesmente entregue de bom grado pelo usuario. ja diria mano Brow "nao confio na polícia raça do caralho". Se é pra assinar o tc que seja ao menos pelo esforço do oficial em achar o flagrante.

    ResponderExcluir
  12. os policias agiram certo, o que ta errado é lei.

    ResponderExcluir
  13. Dessa vez não teve nada de negligente. O cara agiu da forma que deveria e procurou deixar isso o mais claro possível

    ResponderExcluir
  14. rpz, uma erva é planta de Deus, independente de qual seja, acreditando ou não no criador, a erva
    cresceu na natureza, pena que as pessoas vejam isso de forma manipulada e moralista até demais,
    o próprio pm agiu certo, é o trabalho dele não poderia dar anistia ao casal e ser desonesto com o lugar de onde ele ganha o pão

    ResponderExcluir
  15. Negócio é levar os coxa no papo. Nada que um breve esclarecimento não resolva (em alguns casos pelo menos).

    ResponderExcluir
  16. "com mais" ou com menos segurança? hahhahahah boa historia

    ResponderExcluir
  17. moro aki no litoral de sc.. varias vezes um coxinha colo no flagrante.. mais como tinha no max mais 2 baseado em cima, eh akela famoza intimidação verbal as vezes fisica, eles pegam meus dados e levam o beck, as vexes tenho de comer(com gosto pelomenos eles n vao fuma depois)mais nunca deu nada pra mim, esses tempos o cara ate falo q n era pra escancara com essa porra de maconha se eu kizesse fuma tinha de ser em ksa dentro do quarto hdSHAhsaudh... mais eh isso ai entao paz e luz a todos nós

    ResponderExcluir
  18. 'Como o homem de farda estava cada vez mais exaltado os dois optaram por jogar na defensiva.


    Bom sou do interior de SP Jundiaí aqui é essa fita mesmo é melhor tu fingi q fecha com os verme, paga di zé porvim mesmo, si ñ tu ruma mó buxixo

    ResponderExcluir
  19. Aqui em SP/Capital, o esquema é num dispensar nada e tentar trocar ideia, e rezar pros home serem gente boa

    ResponderExcluir
  20. Gui D'castilho10 de março de 2012 13:15

    dispensar um fininho??? acho que não... infelizmente ainda é proibido e ainda estamos de mãos atadas perante o sistema, mas o assunto "maconha" esta em evidencia e hoje temos uma certa "liberdade" para falar sobre isso, por exemplo antes minha mãe achava que maconha era a pior coisa do mundo e só os "noias" usavam, hoje ela esta vendo a realidade através das marchas, televisão e outros meios, meus amigos de uma coisa eu tenho certeza estamos no caminho certo, eu sei que ainda falta muito mas a nossa erva esta saindo da gaveta e virando assunto popular!! paz a todos!!

    ResponderExcluir
  21. bom ouvir histórias dessa com final feliz!

    ResponderExcluir