quarta-feira, 7 de março de 2012

Posso reaproveitar o Solo usado no Cultivo? [Cultivo Vital Ed. 158#]

por Sergio Vidal

 

Essa semana responderei uma mensagem que nos ajuda a conversar sobre um dos temas mais importantes para se obter sucesso no cultivo: o solo.

 

“Ola Vidal,
Tudo tranquilo, tenho uma duvida sobre a reutilização do solo. Em um cultivo com solo a base de perlita , substrato sunshine, farinha de osso e torta de algodão, que foi fertilizado apenas com produtos orgânicos, como devo proceder para reutilizar o solo apos a colheita? Este solo deve descansar novamente?
Valeu irmão,”

 

 

É possível sim reaproveitar o solo usado no cultivo. O importante é saber que ele será um solo com uma quantidade de nutrientes menor e por isso precisa ser completado, principalmente com substratos contendo maior proporção de nitrogênio, essencial para o período de crescimento vegetativo. Também é importante lembrar que o solo estará cheio das raízes da planta que foi colhida. Com tempo, as raízes velhas serão decompostas e se tornarão parte do solo. O ideal é aproveitar que vai ter que espalhar o solo velho para acrescentar mais substratos ricos em nitrogênio e partir as raízes em pedaços menores para acelerar o processo. Existem produtos vendidos atualmente no mercado especializado de cultivo que contém enzimas que aceleram o processo de decomposição das raízes velhas, deixando o solo apto a ser reaproveitado com mais rapidez.

 

Já que estamos falando de solo, gostaria de explicar um pouco a importância dele para a saúde da planta e dar algumas diretrizes básicas de como preparar um bom solo. Primeiro, é importante dizer que a composição do solo usado no cultivo depende muito do gosto de cada cultivador. Cada tipo de substrato é único, e contém uma proporção específica dos nutrientes necessários para alimentar a planta. Existem também os chamados substratos inertes, que são usados para dar uma textura específica ao solo, seja ajudando a reter água ou oxigênio.

 

.:. Exemplo de substratos inertes: Perlita; Turfa (Sunshine); fibras e pó de coco; Vermiculita.

.:. Exemplos de substratos nutritivos: Estercos (gado, aves, coelho, peixes, ovelha, morcego, etc); Tortas (mamona, algodão, amendoim, etc); Farinhas (osso, sangue, peixes, etc);

 

Muitos cultivadores utilizam solos 100% formado por substratos inertes. Para cultivadores experientes essa é uma ótima opção, pois dessa forma se pode controlar muito de perto quais as quantidades de nutrientes as plantas absorvem. No entanto, para cultivadores que não dominam essa arte o melhor é preparar solos com ao menos um pouco de nutrientes. Em solos inertes o PH e condutividade elétrica oscilam bastante e isso pode prejudicar o desenvolvimento da planta ou causar-lhe danos.

 

Para cultivadores inexperientes o ideal é preparar um solo que possibilite à planta se desenvolver com alguma independência, sem que seja preciso fertilizá-la com frequência. O solo deve ter ao menos metade da sua composição de substrato que facilite a drenagem, como perlita ou fibras de coco. Isso é fundamental pois as bactérias benéficas que ajudam as raízes a absorver os nutrientes precisam de bastante oxigênio para trabalhar com eficácia. Assim, preparar o solo é bem parecido com prepara uma mistura para bolo. Não basta apenas colocar os ingredientes juntos, mas é importante estar atento à textura final da mistura.

 

A planta precisa de uma série de nutrientes e todos eles são importantes para seu crescimento. Alguns ela “come” mais, como nitrogênio (N), Potássio (K), Fósforo (P), Cálcio (Ca) e Magnésio (Mg) e outros ela “come” menos, como cobre, molibdênio, ferro, etc. Mas é importante que a dieta da planta seja rica, completa e, preferencialmente, tenha fonte variadas. Veja tabela de substratos e nutrientes AQUI.

 

Escolha bem as fontes de alimento para sua planta pois quanto melhor a qualidade do que elas “comem”, melhor será sua saúde. Vale muito a pena testar diferentes misturar de solo para descobrir quais as proporções de nutrientes são preferidas pelo tipo de plantas que você está cultivando. E, o mais importante, quanto mais tempo o solo puder “descansar” antes de ser usado melhor para a planta. O solo precisa de tempo para reagir após os substratos serem misturados. Ele deve ser tratado como um solo no qual já há uma planta viva. Jamais deve ser encharcado ou ficar totalmente seco. Quanto mais tempo descansar, mais disponíveis estarão os nutrientes para a planta.

 

Espero que essas informações ajudem a galera a decidir qual a melhor maneira de conduzir o seu próprio cultivo. Mande suas dúvidas para cultivo@hempadao.com

Grande abraço e até semana que vem!

Leia outros textos do #CultivoVital

10 comentários:

  1. WEEDiogo Campina grande-pb7 de março de 2012 09:56

    1o!!

    MACONHA PARAIBANAAA NA AREA!!!!

    ResponderExcluir
  2. OPA TBM SOU DA PARIBA MANO SO QUE EU SOU DE JAMPA , AI EM CAMPINA DEVE SER MTO BOM PRA CULTIVAR INDICAS.

    ResponderExcluir
  3. Nooosa valw's ... Salvo mto o post começando agoora hehe'

    "só colhe quem planta" hehe'

    aii sou de Minas Gerais ...

    ResponderExcluir
  4. tem um erro ae , sunshine nao é inerte!

    ResponderExcluir
  5. Plantei sem mta frescura, se nascer vai ser na raça, joguei umas sementes um dia antes de plantar em um algodão e molhei o algodão, dps o solo q usei foi uma mistura de esterco de vaca com humo ... ficou uma terra preta, penerei, e coloquei uma colher de areia, nem sei pq a areia, mas coloquei .... agr to esperando pra ver ... deixar ela crescer assim na raça é bom q tenho um pé mais resistente certo? ou não? qndo as primeiras mudas começarem a nascer qro passar pra terra msm..

    ResponderExcluir
  6. ja plantei com terra usada e deu certo sim....mas sempre adicionava nutrientes organicos junto com a agua!

    iae hempadao qual o email par mim manda umas fotos da minha maria e algguns lugar ! ??

    ResponderExcluir
  7. Na verdade eu fico aqui imaginando oq faria se não aproveitasse o solo... Iria jogar fora o substrato???????
    É lógico q devemos reaproveitar, eu mesmo só compro terra vegetal dou uma acrescentada com a compostagem q faço aqui em casa e ja era. Sem frescura, totalmente orgânico, e rende muito bem, eu cultivo em out, então acho q isso acaba se tornando mais fácil.
    Mas outra dica pra galera é de reaproveitar os restos das plantas colhidas (galhos, raízes, folhas, caule) pq eles são formados justamente pelos nutrientes q a planta retirou do solo, e se vc coloca-lo de volta ao solo, estará devolvendo quase quase todos os nutrientes q a planta retirou do solo, perderia só oq a planta usa pra formar as flores. Mas é claro q fazendo isso vc teria q dar um tempo maior ainda para o solo decompôr essa matéria orgânica.

    ResponderExcluir
  8. Acabei de passar a faca em um MACHO e vim pesquisar o que fazer com o substrato.
    Achei exatamente o que eu precisava!
    Valeu, Hempadão!

    ResponderExcluir
  9. Valeu pela dica Vidal!
    Fiz meu primeiro grow com 100% inerte (80% perlita 20% vermiculita), e agora que estou começando a segunda jornada, precisava saber o que fazer com as raizes que ficaram no solo!
    Alguem sabe o nome do produto que acelera a decomposição das raizes?

    ResponderExcluir
  10. Por quais nutrientes eu procuro comprar?Para 100% substrato sunshine mix. Devo misturar com outra terra, ou deixar só o sunshine?

    ResponderExcluir