sexta-feira, 13 de abril de 2012

A Violência em Nome da Repressão! [bONG #163]

por Marco Hollanda

O nível de dramaticidade do bONG desta semana revela como a ideia de reprimir o uso de uma droga cultural ultrapassou todos os limites da insanidade e legalidade. E olha que vamos falar de uma repressão feita pela Polícia Civil do Distrito Federal, que está entre as mais bem pagas do Brasil.

 

A vítima desta dura foi enquadrada a menos de 200m de casa portando apenas 1g de maconha e ficou detido de 18h até as 4h da madrugada do dia seguinte. Nesse tempo, ele foi vítima de uma série de abusos e violação da sua dignidade feita por agentes do Estado...

 

Enquanto aguardava algemado para prestar depoimento nosso amigo sofreu com agressões físicas e verbais, inclusive de morte. Os dreads viraram uma brincadeira perversa na mão dos policiais, que puxavam nosso amigo pelo cabelo para disparar mais ameaças. Ao perceber que ele tinha uma chave de carro no bolso os Tiras foram até o apartamento onde ele reside, e entraram sem mandado de busca no condomínio para revistar o automóvel.

 

As 2h ele finalmente foi chamado pelo delegado para prestar depoimento e lá foi coagido a fazer um teste toxicológico no IML, onde ele teve a oportunidade de relatar ao perito que foi agredido dentro da delegacia.

 

No retorno a DP ele a encontrou a mãe sentada em um banco chorando e desesperada em busca de alguma informação sobre paradeiro do filho. O relógio já marcava 4h quando ele assinou o Termo Circunstanciado e finalmente ganhou o "direito" de ir embora.

 

Se você também foi vítima da Guarda Negligente envie um relato para redacao@hempadao.com

20 comentários:

  1. aqui no RJ , vc oferece qualquer 30 reais que eles te liberam antes de entrar na delegacia. Policia filha da puta.

    ResponderExcluir
  2. e o que ele fez contra esta açao dos policiais ? se omitiu e aceitou as agressoes aos seus direitos fundamentais? por isso que continua assim essa merda....

    ResponderExcluir
  3. PORCO BOM EH PORCO MORTO

    ResponderExcluir
  4. galera o mais importante de td hoje, com essa sociedade estabelecida no limiar da violência é conhecermos nossos direitos como cidadão, os defendermos e não abrirmos mão deles para os garantirmos, então rapaziada vamos buscar a informação, saber de nossos direitos e lembrarmos que sem isso seremos apenas ALVOS IGNORANTES sem possibilidade de defesa.get up stand up.

    ResponderExcluir
  5. Gente, a cada tentantiva de argumentacao era um tapa na cara e um cala boca...
    fui privado de fazer qualquer ligacao para meus pais ou advogado..
    fiquei acuado e o melhor que eu podia fazer era ficar quieto e esperar acabar...

    ResponderExcluir
  6. E o cara ainda é visto como apenas mais um viciado.
    O que vai ser preciso acontecer?
    Um atentado pra essa galera ver que tem que mudar?

    ResponderExcluir
  7. vai na corregedoria e fode com os caras.

    ResponderExcluir
  8. Cambada de filho da puta, essas paradas me deixam puto ¬¬'

    ResponderExcluir
  9. Tribunal de Rua minha rapaziada, como ele mesmo relata, nada pode fazer!

    ResponderExcluir
  10. CORREGEDORIA NESSE PM!

    ResponderExcluir
  11. esses filhos da puta vao ter os filhos viciados en crack.aqi s faz aqi s paga..

    ResponderExcluir
  12. provalecidos! PM DE MERDA!

    ResponderExcluir
  13. corregedoria.... ou seja, vai reclamar da PM para a própria PM..

    ResponderExcluir
  14. Não podemos esquecer que á policial do Brasil é muito mal preparada, totalmente repressiva, e cruel. Lamentavel nosso imposto, todos jogado no lixo.

    ResponderExcluir
  15. Sistema..... bem q poderia existir uma maneira de extermina-lo completamente.

    ResponderExcluir
  16. FILHAS DA PUTA LIXO , ESCÓRIA DA SOCIEDADE

    ResponderExcluir
  17. Irmão sab de qm e a culpa disso tudo??e nossa do povo brasileiro, ignorante coloca no poder esses governantes corruptos...enquanto agente nao cai na real e ir pra rua briga pelos nossos direitos vai ser sempre a mesma historia.......pow vamos acorda povo brasileiro.......vamos tomar de volta nosso país....

    ResponderExcluir
  18. se fosse eu ia fuma um quando chegasse em casa, só pra relazar!

    ResponderExcluir