sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Comentário de Arnaldo Jabor sobre Maconha Uruguaia [HempTube 180#]

Passou na Globo, e quem hoje em dia ainda assiste TV? Mas o Jabor, todo informadinho sobre as diferentes variedades de maconha, merece destaque aqui no Hempadão também. Veja só o que ele tem a dizer sobre a estatização da maconha uruguaia:

 

25 comentários:

  1. Tambem sou contra o estado regular o que eu consumo, a quantidade que eu vou consumir, e quais variedades eu devo fumar. Mas não posso negar que já é um passo para tentar quebrar as pernas do trafico, e quem sabe no futuro os uruguaios não possam ter a liberdade de plantar o que quiser e o quanto quiser. Na teoria o Arnaldo Jabor esta certissimo, porem na pratica não acho que país algum da noite para o diavá legalizar plenamente, é dando pequenos passos mesmo, nisso o Uruguai está certo, tem que tentar pois essa politica atual da ONU já se msotrou fracassada a muito tempo. Enquanto isso aqui na 'Bananaland' Sarney, Magno Malta, e companhia influenciados pela bancada que se diz evangélica e a favor da família e dos bons costumes, que irão votar o novo código penal que inclui esses pequenos passos para leis mais justas e sem tanta intromissão do Estado em nossas vidas privadas. É uma lástima, quem sabe daqui a 20/30 anos se for renovado esses "políticos" podemos evoluir um pouco também.

    ResponderExcluir
  2. certissimo em sua colocação anonimo

    ResponderExcluir
  3. O Arnaldo Jabor é uma pessoa muito esclarecida que ja deu parecer sobre a maconha antes. Muito inteligente o posicionamento dele

    ResponderExcluir
  4. melhor estatizar do q ficar na mao do trafico.

    ...e faço minha as palavras do anonimo ae de cima: "Tambem sou contra o estado regular o que eu consumo, a quantidade que eu vou consumir, e quais variedades eu devo fumar. Mas não posso negar que já é um passo para tentar quebrar as pernas do trafico, e quem sabe no futuro os uruguaios não possam ter a liberdade de plantar o que quiser e o quanto quiser. Na teoria o Arnaldo Jabor esta certissimo, porem na pratica não acho que país algum da noite para o diavá legalizar plenamente, é dando pequenos passos mesmo, nisso o Uruguai está certo, tem que tentar pois essa politica atual da ONU já se msotrou fracassada a muito tempo. Enquanto isso aqui na 'Bananaland' Sarney, Magno Malta, e companhia influenciados pela bancada que se diz evangélica e a favor da família e dos bons costumes, que irão votar o novo código penal que inclui esses pequenos passos para leis mais justas e sem tanta intromissão do Estado em nossas vidas privadas. É uma lástima, quem sabe daqui a 20/30 anos se for renovado esses "políticos" podemos evoluir um pouco também."

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente o estado NAO funciona. Os adoradores de Maquiavel devem ler outros autores mais lucidos.

    ResponderExcluir
  6. esse arnaldo jabor é um babaca. se liberasse geral a globo ia achar pior ainda. esses anticomunistas, com seu pavor a qualquer coisa q seja um pouquinho à esquerda, conseguem ser mais babacas e retrógrados que os próprios comunistas!

    ResponderExcluir
  7. Só naum gosto quando fala que o "viciado chega lá e tals..."
    Viciado é a véia mãe dele krai vsf !!!

    ResponderExcluir
  8. O idiota conseguiu colocar até o Hugo Chaves na estória. Só falou merda, bem diferente da ultima vez que ele falou da maconha há alguns anos.

    ResponderExcluir
  9. Que é uma bad o governo controlar esse tipo de coisa é.
    Mas ele falou umas merdas toscas.
    Ele podia é ter feito um comentário sobre os órgãos internacionais que foram encher o saco do Mujica no processo dele.
    No nível que a gente chegou, qualquer iniciativa e experiência, mesmo a de colocar no controle do estado uma droga, pra mim é válida.
    E mil vezes melhor do que a abstenção assassina e opressora da nossa presidenta, diga-se de passagem.

    ResponderExcluir
  10. Antes estatizado que nada. Um passo foi dado, ou será dado, ao menos. Acho incômoda a idéia de cadastro de usuários em mãos de funcionários públicos a serviço do governo. Não pelo Mujica, que é um cara cativante, parece ser muito simples e flexível, inspira confiança, apesar de ser um ...líder (heheh, mas isso é outra história...). Mas pelo fato de dados estarem ao alcance de muitas pessoas. Insegurança de privacidade. Acho que galera uruguaia vai conseguir convencê-lo sobre plantio caseiro.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com vc de cima bro.
    A América Latina tem experiência ditatorial demais pra ficar registrando indivíduos estrategicamente em bases de dados do estado.
    Qualquer paranóia num estado de repressão é muito bem justificada.

    ResponderExcluir
  12. o que ele falou no final é uma charge do casseta & planeta, o lance de maconha não é droga, droga é o que andam vendendo por aí! o quê é pura verdade ueaheuahuHUHA não curti esse discursinho não! mas tbm não acredito que a estatização da maconha, com o plantio proibido, pra se ter controle, funcione em alguma coisa! essa coisa de registrar as pessoas é meio nazi mesmo

    ResponderExcluir
  13. Na real:

    Jabor não deu as caras no tema: só atacou o Estado. Mas isso já sabemos da Rede Globo, ou seja, que possui uma abordagem anti-estatal em defesa dos órgãos privados e do "pague quem puder" para sobreviver..

    A Rede Globo é liberal até seus mais profundos ossos. E não se trata aqui de dizer maravilhas do Estado ou do Estado moderno. Não tenho ficções quando a isso, nem com PT nem com PSOL.

    Damos pequenos passos adiante e muitas vezes é preciso radicalizar mesmo. As vezes é até preciso votar para isso. As vezes é preciso se sindicalizar. As vezes é preciso mudar os comportamentos com seus parceiros. Cada situação pede algo, que vamos "vendo" ou sentindo o quando podemos avançar ou não. Cada situação uma resposta.

    Na atual política neo-liberal, ninguem em sã consciencia, que pense nos milhões de pobres vivendo no Brasil, atacará o modelo do SUS (sistema único de saúde). Mas todos certamente concordarão que a atual gestão do SUS é ridicula (quando não criminosa!)

    O autocultivo é fundamental em uma política de drogas mais adequada. Mais eu sonho muito ainda em ver o Brasil com uma política dessa Uruguaia, caso seja aprovada! Sim senhor. Concordo com o anonimo acima: antes na mão do Estado do que de traficantes! E os lucros poderão custear muitas ações.

    O que é necessário, paralelamente, é maior punição aos crimes de Estado. E estou falando aqui principalmente dos peixes grandes..

    ResponderExcluir
  14. estatização é somente para que ele possa garantir aos paises proibicionistas. Não dando motivo aos que procuram pelo em ovo logo de inicio concordo que não deva cair na mão da industria privada pelo menos em 100%.
    Deve ser implantado por conhecedores da area, é só um artigo de tabacaria não é droga de verdade, vamos falar como adultos né

    ResponderExcluir
  15. COMEMOREMOS AÍ, MACONHEIRADA...
    VIVA O URUGUAY.

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/08/antes-de-legalizacao-ativistas-criam-copa-da-maconha-no-uruguai.html

    ResponderExcluir
  16. ALÔ, HEMPADA. AVISEM AO DESGOVERNO QUE OS MACONHEIROS DA HOLANDA SÃO MAIS DESENVOLVIDOS QUE OS 'ATRETA' BRASILÊRO. E acompanhem, com a regulamentação, o Uruguay, nos próximos 20 anos, vai se desenvolver olimpicamente bem mais do que os seus vizinhos sulamericanos.
    brasilêro não é cidadão.
    brasilêro é torcedor... haaaaaaaaaahahahahahahaha!

    http://rederecord.r7.com/londres-2012/quadro-de-medalhas/

    ResponderExcluir
  17. seila eu curto fuma maconha todo dia eu amo oq eu faço e fuma maconha

    ResponderExcluir
  18. ae quem tem ums raggue pra passa ae

    ResponderExcluir
  19. eu axo que se nossos presidente liperace aqui no brasil eu axo que não eszisteria trafiko no mundo

    ResponderExcluir
  20. ae addc eu: facebook: andre.flamengos@hotmail.com: msn: andre.flamengos@hotmail.com : orkut:anndree.luuiss.157@gmail.com add la blz

    ResponderExcluir
  21. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que cara doido

    ResponderExcluir
  22. acho que tanto faz desde que a erva faça a cabeça da galera, mais prefiro a ideia de planta e tem uns lugar que vendese, mais na mao de governo nao ein kkk

    ResponderExcluir