segunda-feira, 8 de outubro de 2012

O que Destrói Famílias é o Preconceito! [CaosInCasa #189]

Depois de acompanhar alguns relatos CaosInCasa um amigo leitor do Hempadão teve desprazer de virar personagem desta coluna. Tudo começou quando o pai achou seu kit-canábico (com erva, sedas e isqueiro) e chamou o jovem usuário para aquela conversa que já começa com esporro.

 

A resistência ao diálogo era tanta, que o pai ameaçou expulsar o filho de casa. Sabendo que a mãe não aprovaria tamanha radicalização, o coroa avisou que sairia de casa no lugar do filho, deixando claro que a "maldita maconha" era responsável pela destruição da família. Felizmente isso ficou só na ameaça!

 

Para piorar ele ameaçou retirar o filho da escola, pois "todo maconheiro é burro, sujo e não tem futuro." Qualquer tentativa de apresentar a maconha de uma forma diferente e de questionar as falácias proibicionistas era desqualificada da forma mais perversa possível: "isso é papo de maconheiro!"

 

Nosso amigo pede ajuda para reverter essa situação. "Já tive que mentir muitas vezes quando meus pais comentavam alguma notícia envolvendo a maconha. Quando eu falava em defesa da erva, era duramente criticado e classificado como alguém de visão perdida."

 

Envie seu relato para o CaosInCasa: redacao@hempadao.com

20 comentários:

  1. prova pra eles que tu nao é burro coisa nenhuma, a maconha até deixa agente mais "lento" no sentido de preguiça mesmo, mas nao impede ninguem de passar de ano ou coisa do tipo, se todar é pq nao estudou mesmo haha

    ResponderExcluir
  2. Acontece o mesmo comigo, a propria familia nos critica, o que eu estou fazendo ? tentando da melhor forma possivel fazer com que eles aceitem, como eu nao sei , mas vou tentar de tudo.

    ResponderExcluir
  3. meu irmão, faça a sua parte vei eu creio que um dia eles vão se ligar que estão vacilando com você, respeite seus pais bro, quando tu já tiver independente ai tu fuma a vontade ta ligado ?

    ResponderExcluir
  4. disse tudo rubem, a descriçao do pai dele serve direitinho pro meu pai, foi identico!
    agora eu digo que nao fumo mais e tento nao embandeirar muito,uso colirio e perfume, ms acho que no fundo ele sabe que eu fumo e aceitouporque viu que o tempo passou e eu nao desandei!

    ResponderExcluir
  5. Sou estudante de medicina estou no 3 ano fumo maconha todos os dias e ja sou formado em Gestao Ambiental, nao sou burro e a maconha nao mata neuronios, falta de informaçao , fala pra ele se informar, falta isso somente..E mude seu jeito de ser, Prove que isso nao é verdade mudando começando de vc..seja uma pessoa da paz, nunca stressado, controle-se..isso é importante

    ResponderExcluir
  6. Se eu tivesse uma família como essas do CaosInCasa eu já teria saído e me virado sozinho a muito tempo, graças a Deus minha família depois de algumas conversas e varias provas entendeu a verdade sobre a maconha, até mesmo em relação a drogas legalizadas. Agradeço mesmo a Deus por ter uma família que mesmo que não consuma não me atrapalha nas minhas escolhas. Mostrei a eles ser responsável. Mais se isso não funcionasse não seria o suficiente pra mudar meu modo de pensar a respeito da Cannabis.

    ResponderExcluir
  7. Maconha x Familia = Careta x Maluco ... duas frequencias bem diferentes, e' como agua e oleo, enquanto um fala de Som o outro pensa em Barulho, enquanto o outro fala de Amor o um pensa em Fraqueza ... duas frequencias bem diferentes ... enquanto um mostra a Verdade o outro se esconde da Mesma... um se deixa levar pela Evolucao natural do Universo o outro se amarra nas garras do passado ...


    eu pessoalmente acredito em Luz no Fim do tunel

    ResponderExcluir
  8. tem casos e casos, nem todos que estão fumando beck deveriam continuar depois da curiosidade de experimentar! vai saber? brigar não é argumento nem resolve nada, mas o texto não fala a idade do sujeito nem seu perfil, dai comentar a favor ou contra a intenção dos pais fica parcial e praticamente impossivel com certidão!

    ResponderExcluir
  9. É isos que eles querem, que o maocnheiro não tenha vez de se defender, pq o maconheiro é visto como caso perdido, ABSURDO!!!

    ResponderExcluir
  10. rapaz, está acontecendo o mesmo comigo, moro com a minha tia deve ter uns 5 anos, e antes de começar a fumar eu reprovei na escola, quando ela descobriu que eu fumava, ela achou que era por causa da erva que tinha perdido o ano, pedi humildemente que ela acreditasse em mim. Hj eu continuo fumando todo dia, estou no terceiro ano, e sou um dos melhores alunos, em termos de nota. O que eu quero dizer meu mano, é que n importa se vc ta fumando ou n, acho que isso é uma escolha sua, mas enquanto vc não for responsavel pelos seus atos, respeite seus velhos cara, é só uma questão de cumprir suas obrigações, provar que é responsavel e capaz de seguir o proprio caminho, eles vão entender.

    ResponderExcluir
  11. FORÇA MEU BROTHER! passo por isso ate hj, é foda cara, muito triste msm! Minha mae trabalha em uma clinica de rec de drogados, e ela sabe q ja fumei mas digo que não fumo mais, o foda são as mesmas conversas q ela me joga todos os dias me comprando aqueles ratos filhas da puta usuarios de crack e ousam em falar da erva! MAS AINDA CHEGARÁ O DIA EM QUE VÃO NOTAR QUE ISSO É UM ERRO! É so ter força! JAH BLEESSS

    ResponderExcluir
  12. ae irmao, arruma uma mina fmz que fuma um com vc tb, vai morar com ela, construir sua vida, da um show neles e mostra do que vc realmente é capaz, preconceito ja destruiu minha familia tb, barato é loco, sociedade é triste, força irmao flw

    ResponderExcluir
  13. e só nao rebater e continuar fumando nas escondidas, ate termina os estudos, arruma um trampo e sair de casa. forca mano!!!

    ResponderExcluir
  14. Estou comentando como anonimo pois nao tenho conta alguma para usar aqui kk. Mas indo ao que importa, eu passo por isso todos os dias, ja sou maior de idade, e procuro minha independencia a um bom tempo, com tudo ocorrendo como o esperado depois de mais ou menos dois anos que vou conseguir me mudar da casa dos meus avós. Se voce acha que pai e mae são fria de convencer ou apenas conversar cobre a maconha, entao voce nao sabe o que é conversar com seus avós, pessoas com uma cabeça muito mais fechada e de principios que NINGUEM vai mudar. Conversar sobre maconha e tentar convence-los sobre aceitarem que eu fume, é como uma conversa entre um Ateu e um Cristão, um tentando convencer o outro de que esta certo... Um nao vai ouvir o outro, vai apenas ignorar tudo que ouviu e esperar a pessa parar de falar para argumentar a favor dela mesma. Voltando ao que eu falava, agora sim vou conseguir o que eu queria, estou trabalhando e no inicio do ano eu me mudo, ai sim vou poder apertar um baseado na sala e fumar do meu jeito, na minha hora. Mas enquanto isso nao acontece assim como nao aconteceu nos ultimos dois anos tambem, eu tive que respeitar, afinal, eles me deram tudo que eu tenho hoje, eles pelomenos nao me criticam tanto hoje em dia como quando descobriram pela primeira vez, mas sei que isso vai mudar um dia, para todo mundo. Força nao só ao nosso amigo leitor, mas a TODOS que passam por essa situação desagradavel, afinal, todos somos seres humanos.

    ResponderExcluir
  15. pelo jeito da coisa os coroa tão bem por fora msm hein!!mas é o seguinte tu tem que explicar primeiramente pros velho que maconha NÃO É A MESMA COISA QUE O MALDITO CRACK É O PÓ, que elas tem viagens TOTALMENTE diferentes!!!
    mas só isso também não ajuda, se tu não trampa arruma um ,qualqué coisa e ajuda em casa, e tire notas boas , de preferencia as melhores da sua sala, só assim pouco a pouco tu mostro teu ponto de vista pra eles!!
    espero ter ajudado _\|/_

    ResponderExcluir
  16. Ingenuidade bruta!!!!

    ResponderExcluir
  17. cara, passei por isso ha 10 anos atras e te digo que... uma hora passa..
    hoje em dia minha mãe nem liga mais, prefere não saber se eu fumo ou não. como ela mora la em sao paulo e eu em joao pessoa, o cheiro nao chega la...
    a unica pessoa que eu devo sastifaçoes hoje é minha esposa, e ela, embora creta, nem liga se eu estou na sala do lado dela assistindo o jornal e pitando meu cigarrinho, afinal, eu trabalho, ela tambem, nao sou de sair pra farra a nao ser com ela, nao temos atritos... enfim, tudo passa amigo e isso tambem vai passar, seja paciente

    ResponderExcluir
  18. É muito triste como existem pais ainda "resistentes"

    minha mae é uma ótima HOMEOPATA e nao quer nem ouvir falar sobre os beneficios canabicos. Nem mesmo dos cogumelos.

    ResponderExcluir
  19. mas de que adianta se o silvio voltar? é tudo igual nessa casa, ainda mais se eles fazem o mesmo lá dentro. Eu acho que cartazes maiores salvariam mais dessa espécie tão ameaçada

    ResponderExcluir
  20. outro dia vi alguem no GR falar "a melhor arma do maconheiro é o estudo".

    ResponderExcluir