sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Hora Errada para Colocar o Pé na Rua! [bONG 202#]

O bONG desta semana apresenta o relato de um leitor de Natal (RN), de 22 anos, que rodou na primeira semana de 2013.


“Ontem minha mãe me pediu dinheiro emprestado. Como não tinha, pedi que ela liberasse a chave do carro do meu pai para que pudesse sacar a grana. Antes de sair peguei a maconha (duas pernas de grilo), um pipe e um bong. No caminho encontrei um maconheiro e perguntei onde poderia comprar seda. Ele me deu a fonte e ainda alertou que polícia estava na área. O rapaz tinha acabado de tomar uma dura.


Comprei as sedas no local indicado pelo amigo, voltei para o carro e taquei fogo na na hempa. Depois de uma rápida passagem por um pico bem explanado para tentar resgatar um documento perdido, voltei para o carro e fui surpreendido por um guarda que parou do meu lado.


Logo descobri que eram três Tiras. Por descuido, deixei o potinho com os becks em cima do banco do passageiro e ele virou presa fácil para os guardas! Um deles foi logo avisando que eu estava preso por porte de drogas e o carro seria recolhido para o pátio. O detalhe é que não possuo CNH e sou deficiente.


Foi aquele terror! Não estava acostumado com isso, e talvez tenha sido arrogante com os gambés. Tanto que um deles quase me deu umas tapas e começou a gritar na minha cara. Quando o clima ficou tenso os Tiras resolveram ir até a minha casa para conversar com os meus pais.


Minha mãe veio até a porta e meu irmão ficou tentando tranquilizar o ambiente. Quando o PM perguntou se ela sabia que eu fumava, a coroa respondeu positivamente e sem alarde. Depois de muito papo e bons argumentos da família o policial desistiu do circo, foi embora dizendo que "não teria próxima" e pegou 20 reais para o "cafezinho".


Ela (a mãe) ficou com um sentimento de culpa por ter pedido para eu sacar dinheiro com o carro. Revelou que ficou com medo de ver o filho preso, impossibilitado de disputar um concurso público, etc.”

 

Já foi vítima da Guarda Negligente? envie um relato para redacao@hempadao.com

14 comentários:

  1. É, imagino o desespero da mãe, poxa é só uma planta !

    ResponderExcluir
  2. fodegas! porcos fardados!

    ResponderExcluir
  3. porco fardado p mim é otario!

    ResponderExcluir
  4. Incrível, onde tem policia tem corrupção, mesmo que seja de vinte conto. Ou leva o cara pra delega e dá os direito dele ou não faz nada.

    Mas são uns fila da puta memo, né? Que raça!

    ResponderExcluir
  5. Pegou 20 conto? Isso é corrupção ativa. Quem é o bandido, o cara que tava indo no banco pegar uma grana pra mãe que tava sem ou o soldado corrupto?



    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. "Preso por porte de drogas..." Onde em Dubai?"

    ResponderExcluir
  8. Piadinha pra dar umas risadas, afinal hj é sexta! Ou é pra se indignar ?

    http://coletivodar.org/2013/01/deputado-coloca-morte-de-crianca-em-operacao-contra-o-crack-na-conta-do-coletivo-dar/

    ResponderExcluir
  9. Nego queimando a polícia de corrupta numa história fake dessa...isso é foda tb

    ResponderExcluir
  10. que historia mal contada, leva pipe e bong, depois para pra comprar seda pq? policial ficou de boa com 20 reais?
    e conta que não tinha CNH
    pelo menos nao fui o unico a perceber...

    ResponderExcluir
  11. ridiculo dar 20 reais para o café..
    no minimo deveria ter pedido pra ele fazer o serviço dele direito..
    e te tratar com respeito de cidadão e nao como marginal..

    ResponderExcluir
  12. porcos! espero q ainda tenha policiais onestos!

    ResponderExcluir
  13. Olha, mesmo que a história fosse de verdade, já começou errado com o cidadão aí fumando e dirigindo. É tão ruim quanto dirigir bêbado. Ou com muito sono.
    Podem falar o que quiser, está errado. Se não está em 100% das condições, não deve dirigir e ponto final.

    ResponderExcluir