quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

[Ed. 48#] Hemportagem: Liberdade a Marc Emery!

por Pietro

A Hemportagem desta semana tratará de um assunto muito delicado: até que ponto as medidas estadunidenses estão de fato progredindo na política sobre a marijuana?

Marc Scott Emery, Canadense, 58, conhecido como “The Prince of Pot” (O príncipe da maconha) é o maior ativista em prol da legalização do mundo. Responsável por todos os maiores movimentos e eventos que visaram a abolição da política repressora sobre a maconha como a “Festa da Liberdade de Ontario”, a “Festa da Marijuana no Canadá” e a “Festa da Marijuana de BC”, Marc é também fundador da POT TV, da Casa de terapia de Iboga e um dos editores da revista “Cannabis Culture”, além de ser dono das maiores lojas e clubes sobre maconha de Vancouver e do site “Emery Seeds”, um dos maiores distribuidores de sementes do mundo.

Marc disputou o cargo de Prefeito de Vancouver em 1996, 2002 e 2008. Em 1995, ele fundou o site “Emery seeds” e vendeu milhões de sementes de Cannabis para o mundo todo. No documentário “Opção Erva” ele deixa claro que o motivo de vender tantas sementes é de combater a investida dos Estados Unidos na sua famosa Guerras às drogas. E foi comprando briga com os grandes que Emery se enroscou, por vender milhões de sementes para os Estados Unidos ele conquistou o décimo lugar na lista de os mais procurados pelo FBI. A Polícia Federal americana solicitou sua extradição em Julho de 2005, o governo Canadense negou a extradição e Marc permaneceu na lista dos mais procurados. Mas, em 2009, o Ministro da Justiça do Canadá assinou sua extradição. Marc ficou em custódia de setembro de 2009 a novembro de 2009 quando foi extraditado para os Estados Unidos e condenado a 5 anos em regime fechado.

As empresas de Marc Emery nunca venderam qualquer tipo de narcótico, enteógenos, ou maconha plantada, apenas sementes. Pela legislação do Canadá a venda de marijuana, artifícios relacionados à marijuana, e auto-cultivo de marijuana são permitidos. Durante a carreira de Marc muitas de suas lojas foram fechadas pela polícia canadense e pelo DEA (Departamento Anti Narcótico Americano). Ele foi preso em 2004 por passar o baseado para outra pessoa e condenado a 94 dias na cadeia. Mas nada disso fez Marc desistir e nem sequer desanimar, ele sempre foi o ativista que mais se movimentou e por isso recebe o titulo de Príncipe da Maconha.

Todos sabem que a venda de sementes é ilegal, seja por correio ou pessoalmente, na maioria dos países, incluindo os Estados Unidos. A questão é porque um cidadão canadense não pode responder pela sua pena em seu próprio país. Isto é o que muitos ativistas defendem. Se Marc realmente tem que ser julgado por seus crimes, que possa responder por eles dentro de seu próprio território. Se você também acha isso então ajude a causa de Marc, ajude a nossa causa acessando o site pra saber como divulgar a campanha.

O vídeo a seguir mostra Emery no momento em que é extraditado.

Liberdade aos Growers, Liberdade a Marc Emery!

24 comentários:

  1. Ganja Master Power28 de janeiro de 2010 16:52

    Eu estava por fora deste caso, realmente lamentavel!!! Como um país tão avançado neste assunto pode deportar alguém assim... nem tudo é perfeito...

    ResponderExcluir
  2. Nooooossaaaa que brexa fazer isso com o cara!
    Imagina quanto dinheiro ele tiro da mao de traficantes norte americanos, dai o D.E.A. agradece indo atras do cara!!

    ResponderExcluir
  3. EUA como sempre resolvendo as questões do mundo...
    Chega a ser engraçado perrceber que uma nação se autodenomina líder mundial, e como ela consegue isso!
    Quando essa dominação ocorre em países sub-desenvolvidos ou em processo de desenvolvimento ainda há uma justificação, mas e quando ela ocorre em um país feito o Canadá??
    O crime dele passou a ser internacional por ter sido feito vendas para outros países? E mesmo que fosse tratado como crime internacional por quê os EUA é que devem fazer honras de juíz??

    ResponderExcluir
  4. Só para esclarecer, a justificação que eu citei acima não quer dizer que eu concorde não, só que a dominação seria feita de forma mais fácil... não sei se estou conseguindo explicar o pensamento!!

    ResponderExcluir
  5. Paga-se muito caro por combater a ignorância e a corrupção...

    ResponderExcluir
  6. Tem nem o que dizer a despeito de uma atitude dessas. O Marc foi traído pelo ministro da justiça, que se tivesse algum bom senso JAMAIS assinaria o mandato de extradição. Assim como diz no documentário "A Opção Erva" o fato de quererem prender ele por vender seeds pros EUA, seria o mesmo caso de prender a 'Colt' por vender armas pra outros países que não tem leis que apoiem a ação.

    Agora eu já coloquei as imagens da campanha pra libertação do Marc no 'orkut'(http:/orkut.com.br/Main#Profile?uid=8306320923081561643) e 'msn'. Pois são os meios de comunicação de que possuímos.

    E estou aí apoiando o movimento, e acho que todos da Hempada deveriam fazer o mesmo pois é algo de nosso interesse.

    "Unidos venceremos
    Divididos,
    Cairemos" Robert Nesta Marley

    Fica aí a idéia!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma informação tirada do "opção erva", Emery está em dia com o fisco americano , ou seja, ele pagou imposto.

    ResponderExcluir
  8. Po assisti o documentário ontem e como o Anonimo falo encima, como ele pode ser preso se ele pagou impostos?

    ResponderExcluir
  9. Mas a questão não é pelo imposto. O fato é que nos EUA é proibida a venda de seeds, aí seria o caso que eu citei a cima da 'colt'.

    A questão do imposto eu já acho que seria como se alguém vendesse algo ilegal e ao pagar imposto se livrasse da pena.

    Agora é aquela coisa, se é pra prender, prende TODO MUNDO que faz algo que desobedeça as leis de cada país. Se fizessem isso não ia sobrar nenhuma fábrica de armas, até de remédios, pois muitos remédios são proibidos em alguns países e memso assim existe exportação por meio das indústrias farmaceuticas.

    "A corda sempre arrebenta do lado mais fraco."

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. "Prinscipe da maconha"
    Gostei do NICK.

    by: pablit;

    ResponderExcluir
  11. posta essa foto do "free marc"
    Grande pra poder copiar melhor :)
    Se possivel.
    brigadão.

    ResponderExcluir
  12. Amigos, existem dois erros importantes nesta matéria:

    1) Marc Emery ainda não foi extraditado para os EUA, ele aguarda a decisão da extradição em liberdade em Vancouver. Aquele vídeo é de quando ele foi preso em custódia enquanto aguardava a extradição, condição que já foi revertida pelos seus advogados.

    2) Marc Emery não é fundador da "Festa da Maconha", mas sim do "Partido da Maconha". No inglês, "Party" pode ser traduzido como festa, mas também como "Partido". Foi por este partido que Emery concorreu ao cargo de prefeito de Vancouver.

    ResponderExcluir
  13. eu acho que não vai dar nada pro príncipe... daria pra nós se mandássemos umas sementes de manga-rosa pra gringa, nós meros "apreciadores", não pra ele que é o príncipe da maconha!

    ResponderExcluir
  14. Sem duvidas é lamentavel o caso, mesmo eu nao concordando com muitas das atitudes do Prince of pot, acho o cara simplesmente insuportavel, mas não acho que deveria pagar sentença nos EUA não faz sentido algum, deveria pagar com leis Canadenses, o que ele fez é crime, infelismente, mas é...

    ResponderExcluir
  15. Sr. Leonardo, Marc Emery apenas vende sementes. As sementes podem não germinar ou ser do tipo macho, portanto trata-se de uma questão indubitavelmente relativa. Ser usuário assumido não é crime previsto em lei. Outras fontes de renda de Marc Emery são clubes e uma revista. Ele é um homem público no Canadá e isso tudo que foi escrita anteriormente pode ser sustentado ao se assistir o filme "Opção Erva". Valeu

    ResponderExcluir
  16. Semente na mão de criança ou louco não têm potencial algum de causar qualquer tipo de dano. Diga-se.

    ResponderExcluir
  17. lamentavel mesmo , isso prova a nescessidade de dominação dos estdados unidos , sempre querendo impor suas ideais pra manter tudo do seu jeito , legalização ja

    ResponderExcluir
  18. Seria o equivalente a vender sementes de uva durante a lei seca. Ridículo perseguirem o cara desse jeito.

    ResponderExcluir
  19. Caraca...tenho um parente famoso...sou Emery e pelo que li num livro sobre os "Emery", parece que escrito desta maneira só existe uma no mundo, oriunda da Inglaterra...agora descubri de onde vem esse meu "apetite" !!! hehehe

    ResponderExcluir
  20. a mano mo nada ve essa fita dexa o maluco vende as sementes IUEARIREARAEIJEARIJRAE
    vendo maconha mais de 4 anos numca
    fui preso so assinei um 16
    a questão é não da guela (H) _\$/_
    salve jah salve a liberdade

    ResponderExcluir
  21. Ele ainda não foi deportado! Ele foi preso, mas pagou a fiança e agora está respondendo o processo em liberdade. Só o que falta para ele ser extraditado é a assinatura do ministro da justiça canadense! Po hempadão, erraram feio nessa.. Conserta esse post ai!

    ResponderExcluir
  22. Lamentável?!?!
    Lamentável é ver um bando de político FILHO DA PUTA roubar descaradamente e ninguém fazer nada...
    O senhoR Paulo Maluf entrou na lista dos procurados da Interpol...ou seja ele pode ser preso em 181 países!!! 181!!!! e não é só ele o filho dele tá junto nessa pelas mesmas acusações...
    (http://oglobo.globo.com/pais/mat/2010/03/19/paulo-maluf-entra-para-lista-de-procurados-da-interpol-916123917.asp)

    ISSO VAI TER QUE MUDAR!!!
    ESSA MERDA VAI TER QUE MUDAR!!

    CHEGA DE HIPOCRISIA!
    CHEGA DE DOMÍNIO AMERICANO!!

    QUEREMOS LIBERDADE!!!!

    LEGALIZE IT!!

    ResponderExcluir