segunda-feira, 23 de maio de 2011

[Ed.#117] OnJack: Aceitação Crescente!

por Rafael Braz

 

Em 1966, milhões de jovens americanos tinham começado a usar marijuana. Instadas por pais preocupados, desejosos de saber quais os perigos que os seus filhos corriam, as autoridades começaram a financiar dezenas e mais tarde centenas de estudos médicos sobre a marijuana. Entrincheiradas nas mentes da geração mais idosa estavam 30 anos de histórias de terror contadas pela dupla Anslinger/Hearst: assassínio, atrocidades, violação e mesmo pacifismo zumbi.

 

 

As investigações patrocinadas pelo governo federal começaram a dissipar os receios que os americanos sentiam de que a cannabis causava violência ou pacifismo zumbi, e centenas de novos estudos sugeriram que oculto no interior da química das plantas de cânhamo jazia um arsenal médico de incrível potencial terapêutico. As autoridades financiaram um número crescente de estudos. Em breve, dúzias de pesquisadores americanos obtinham indicações positivas usando cannabis no tratamento de asma, glaucoma, náusea decorrente da quimioterapia, anorexia, tumores e epilepsia, bem como antibiótico de uso geral.

 

Os resultados cumulativos mostravam provas da ocorrência de resultados favoráveis em casos de doença de Parkinson, anorexia, esclerose múltipla e distrofia muscular; além de milhares de dados episódicos todos merecendo um estudo mais aprofundado. Antes de 1976, relatos de efeitos positivos e de novas indicações terapêuticas para a cannabis eram praticamente ocorrências semanais nos jornais médicos e na imprensa mundial.

7 comentários:

  1. E isso aí. Aí começamos a falar outra linguagem, mas, muita "M" ainda seria e será dita sobre a erva :)

    On jack on Hempadão!

    ResponderExcluir
  2. Suricate_Vinicius23 de maio de 2011 20:54

    Rapaz...
    Essa green crack aí deve ser doida, hein.

    rs

    ResponderExcluir
  3. http://www.youtube.com/watch?v=fCfxshW2OME
    http://www.youtube.com/watch?v=fCfxshW2OME
    http://www.youtube.com/watch?v=fCfxshW2OME

    ;(

    ResponderExcluir
  4. http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU


    http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU


    http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU

    SÃO PAULOOO

    ResponderExcluir
  5. Guerra urbana, prioridade um.

    Fim da guerra é prioridade um.

    Àqueles que me mandam ir protestar por outras coisas, entendam:

    1 - Vai você, cada um na sua.

    2- Nossa causa interfere e muito em todas as demais. A indústria bélica é a maior. Até quando?

    ResponderExcluir
  6. "http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU


    http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU


    http://www.youtube.com/watch?v=AUMuxkwEonU

    SÃO PAULOOO" [2]


    AJUDA AE HEMPADÃO!

    ResponderExcluir
  7. Mto massa,
    a cada dia que passa, percebo o quanto a canabis nos faz bem, e aumenta ainda mais a minha dúvida, de por que os governantes a proíbem, Já que foi provado científicamente que ela faz bem.

    4:20 =)

    ResponderExcluir