segunda-feira, 4 de julho de 2011

[Ed.#123] OnJack: O Uso Terapêutico da Cannabis – Introdução!

A cannabis contém mais de 60 compostos dotados de ação curativa em terapias médicas ou vegetais. O principal é o THC, e a eficácia da terapia é diretamente proporcional à potência, ou concentração, deste compos­to na erva. Notícias recentes veiculadas pela DEA referindo variedades mais potentes de marijuana representam um avanço médico da maior importância, mas, incrivelmente, as autoridades usam estes dados para solicitar verbas acrescidas para combater a erva e penas mais severas para os seus utilizadores.

 

 

Em 5 de Novembro de 1996, 56% dos cidadãos da Califórnia votaram a favor da Lei do Uso Compassivo (iniciativa sobre marijuana médica), abolin­do todos os esforços legais do estado com vista a impedir os cidadãos da Califórnia de usarem a marijuana como medicamento. Em Novembro de 1996, os cidadãos do Arizona aprovaram igualmente, por uma margem maior ainda — 65% —, um plebiscito que retira a classifica­ção de droga à marijuana médica, entre outras substâncias, o qual foi apoiado entre outros, pelo falecido senador conservador Barry Goldwater.

 

Exercendo pela primeira vez em 90 anos o seu direito de veto sobre os plebiscitos realizados no estado, o governador e a legislatura do Arizona firam abortar esta iniciativa aprovada pelo povo. Zangados, os cidadãos do Arizona responderam angariando mais de 150.000 assinaturas num referendário de 90 dias, tendo reapresentado prontamente a iniciativa sobre marijuana médica para ser plebiscitada em Novembro de 1998. O que se segue explica como as pessoas beneficiarão quando o juízo e a liberdade de escolha de médico e doente voltarem a ser respeitados.

10 comentários:

  1. E isso traduzido para a politica brasileira ?

    - Vovô Hemp -

    ResponderExcluir
  2. Nós temos argumentos de sobra p afirmar q a maconha faz bem. Ta na hora de levantar esse debate em casa!!
    Vamo q vamo

    _\|/_

    ResponderExcluir
  3. Se não dá pra prender quem proibiu(racistas mentirosos), pelo menos relegalize.

    ResponderExcluir
  4. Nós temos argumentos de sobra p afirmar q a maconha faz bem. Ta na hora de levantar esse debate em casa!! - verdade!!

    ResponderExcluir
  5. Guilherme CWBong5 de julho de 2011 08:48

    eu j tentei dabete isso em casa mais a mioria dos "pais" acha q é alguma descilpa pra fumar so vao realmente acreditar q a maconha nao faz mal se começar a aparecer na globo por exemplo alguem importante falando ai eles começam a muda os pensamentos pois os caretas sao manipulados pelo sistema e as meios de comunicação ditam o q eles tenq crer e acreditar

    ResponderExcluir
  6. amigos, antes quando eu chegava em casa chapado, corria direto pro banheiro desmarofar e tomava mto cuidado pra minha mãe não me ver em tal estado. Mas claro, ela sempre flagrava.E claro, eu sempre negava.Afinal é uma droga proibida e no geral poucas pessoas a conhecem realmente, inclusive eu na época, que não tinha argumentos suficientes para arriscar um dialogo e me expor. E foi nessa busca de conhecimento que conheci o hempadão, \o/.
    Resultado? LARICAS DE INFORMAÇÃO, DEBATE ACESO AQUI EM CASA e foram por água abaixo, a hiprocrisia, ignorancia e Repressão que eu sofria em minha própria casa. Obrigado hempadão, se hoje minha casa transborda paz e amor, vcs tem grande participação nisso.
    Salve, Salve.
    Falou!!

    PS: Minha mãe pede até uns trago, mas eu nunca dô porque se não ela vai injeta heroína.

    PS do PS: auhauaauahauauuahuauauahauauauhauauaua, zoação né.

    um abraço por trás a todos.
    Toxopei

    ResponderExcluir
  7. Mudanças ja! LEGALIZE

    ResponderExcluir