sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Teatro da Repressão ajuda na Normalização do uso da Maconha [bONG 132#]

Em cidades pequenas ou média a repressão às drogas é ainda mais bizarra. Afinal, todo mundo se conhece e as figuras são bem marcadas: o guarda do posto policial, os maconheiros da praça e a vizinha fofoqueira.

 

Naquele dia um grupo de nove amigos estava reunido na praça do centro histórico para a carburação sagrada do final de tarde. Por azar, a grande concentração de "suspeitos" instigou a juíza da cidade que passava por ali todos os dias no retorno para sua residência. Ai ela resolveu mandar seu segurança particular para averiguar a situação.

 

 

Ao se aproximar o segurança logo percebeu que famosa erva proibida estava sendo queimada. Mas quando a galera já se preparava para tomar um enquadro veio a surpresa. O homem ser farda já chegou avisando que "ia brincar de teatrinho com a galera". O objetivo explícito era livrar cara de todo mundo, deixar a juíza casa sem nenhum incidente e encerrar mais um tranquilo dia de trabalho.

 

O teatro começou com a primeira pergunta em voz alta: "Vocês estavam fumando maconha neste local?" Em coro, a galera respondeu com um belo "não!" Em seguida ele cheirou a mão de todo (que ainda tinha muito canabinóides grudados no dedo), pediu desculpas pelo incômodo, deu boa noite a todos e bateu em retirada.

 

E assim, em mais um dia tranquilo a juíza retornou tranquilamente para seu lar, a polícia nem apareceu na história e os usuários continuaram queimando a erva sem causar transtornos a ordem pública. E tem gente que ainda prefere a guerra!

 

E você? Já sofreu na mão da Guarda Negligente? Mande seu relato para redacao@hempadao.com

28 comentários:

  1. A maioria ta do nosso lado!

    ResponderExcluir
  2. Essa é a 'negligência' necessária. Luz na escuridão. Exceção. Cabeça pensante. Burrocratas reprimem acirradamente enquanto o absurdo for lei, mesmo sabendo ser absurdo, mesmo sabendo da tendente legalização devido à farsa proibicionista. Cabeças pensantes tem visão de longo alcance: "pra quê a palhaçada se sabem que é questão de tempo e de burrocracia?".

    ResponderExcluir
  3. Não sei se maioria, mas a totalidade das pessoas que se aprofundaram no tema está a nosso favor. No mundo inteiro.

    ResponderExcluir
  4. cidade pequena ée foda mesmo! moro em uma e sei mto bem como é... todo mundo sabe da vida de todo mundo, é horrivel!
    e em até mtas vezes MAIS FALAM DO QUE SABEM!

    Os rastas tem que se juntar, se juntar! _\|/_

    ResponderExcluir
  5. na minha cidade é foda, cidade pequena falam demais, e um sabe, geral sabe, mó fita errada.

    ResponderExcluir
  6. Através dessa erva, eu conheci pessoas e situações que me fizeram ter fé na nossa humanidade. Isso é a ponta do iceberg, e foi linda a atitude do segurança. Melhores coisas virão, os tempos estão mudando, as pessoas tão deixando o drama excessivo de lado pra usar um pouco seus cérebros tão pouco usados.

    ResponderExcluir
  7. Pô Dilma.... Libera ai companheira!

    ResponderExcluir
  8. é Nóizz, acabaram de me salvar de umaa.....essa ai dos canabinóides nos dedos eu nao sabia e é verdadee...... uhullll vlwww flwss

    ResponderExcluir
  9. Lentamente, pessoas como este segurança estão aparecendo. Gente que sabe que usuário de maconha não é criminoso, são pessoas normais, legais, e muitas vezes mais conscientes e corretas do que muito proibicionista.

    ResponderExcluir
  10. po maluco, morava em campinas,sp.. lá a policia ja me fez comer várias vezes e sempre levam o dixavador... Mudei para uma cidade mínuscula, caraa, nem fumo na rua... só legalizo dentro de casa. O que eles aprontam cm vc por causa d 1 fino não ta no gibi ;S

    ResponderExcluir
  11. melhor bong ja lido até hoje!

    ResponderExcluir
  12. HAHAHA' muito bom, pelo menos alguem concorda que pessoas que fumam tanto cigarro quanto maconha fumem em locais abertos, se o cigarro pode porque a maconha nao?

    ResponderExcluir
  13. melhor assim do que o desnecessario proceder policial sujo!

    ResponderExcluir
  14. da pra imaginar o tipo de gente que decide a vida de cada um de nos, casa um dia tenhamos que recorrer a justiça.
    uma juiza que ve uma roda de mano em atitude suspeita e acredita numa historia dessa, nao vive em nossa realidade brasileira.
    mas quando essa geracao careta se for, espero que os mais jovens de hoje mudem esse cenario em nosso país

    ResponderExcluir
  15. Meu deus, o que devemos fazer é pedir mais amor as proximas gerações, essa já está perdida.
    Preconceito e o imperialismo americano, são as piores drogas consumidas no Brasil com certeza.

    ResponderExcluir
  16. Morar em cidade pequena é foda,minha casa caiu em um mes!

    ResponderExcluir
  17. hahaha


    essa eu adorei!

    ResponderExcluir
  18. pod cre aqui nao é pequeno mais os home embaça me jogaram spray d pímenta só por q eu tenho uma tatooo de uma folha da erva manows to ligado q é meio flagrado mais e ai imagina se eu tivsse com o bagulho mesmo fumo essa fita 16 anos já ta embçado repressao e mal magrao.88@hotmail.com campo grande mato grosso do sul

    ResponderExcluir
  19. eu tenho uma historia muito doida como fasso pra mandar pra galera??

    ResponderExcluir
  20. Fumar na praça é paranóia na certa, mesmo q ninguém te aborde. Moro em cidade pequena e só fumo no meu estúdio, geralmente. Pra quem não tem algum recinto legalize, o negócio é procurar um pico seguro. E é muito fácil dar um rolê de carro nos arredores da cidade...

    ResponderExcluir
  21. Graças a Jah existem os que preferem a paz.

    ResponderExcluir
  22. queem sabe reaalmente do assunto _\|/_ ..
    ta do nosso lado!

    ResponderExcluir
  23. Po,os PM daqui da minha cidade, pequena-média, são de boa, só a Rotam (a ROTA de SP), É embassada, mas pra quem é de cidade pequena o meu conselho é, sai fora da area urbana, se a cidade é pequena da pra fazer isso apé, ou se tive carro faz um trevo a trevo e ja era... só pra nao da problema!

    ResponderExcluir