terça-feira, 18 de outubro de 2011

Quatro Perguntas para o Sérgio Vidal [Cultivo Vital Ed. 138#]

por Sérgio Vidal

 

Essa semana tivemos 4 mensagens da galera querendo informações sobre alguns temas. Uns mais ligados ao cultivo, outros nem tanto, mas, na medida do possível, vou tentar ajudar tod@s. Assim, resolvi colocá-las na ordem que chegaram e ir respondendo uma a uma. Tentei ser o mais objetivo possível, pois muitas mensagens tocam em variadas questões sobre as quais poderia ficar falando por um livro inteiro. Certamente teremos outras oportunidades de aprofundar esses temas e, por hora, tentarei apenas trazer algumas informações sobre os pontos em questão.

 

images (8)“Eae Vidal, Beleza? No começo de Abril, despropositalmente uma sementinha caiu em um vasinho de minhas plantinhas e dali brotou um lindo broto o qual não tive coragem (e nem motivos) pra rancar. Alguns amigos me aocnselharam a rancar a OUTRA planta, inclusive (um pé de pimentão) Mas elas se tornaram irmãs de tal forma que não fui capaz de segregar essa parceria. Enfim, minha planta CANMABIS por POUCAS E BOAS, morreu, caiu todas as folhas e rebrotou, linda e cheirosa (saliento:cada vez mais forte). Há cerca de pouco menos de um mês ela começou a apresentar pelinhos brancos (antes do início da primavera) e isso eu dei como prova de sua feminilidade (rs). Porem, agora fiquei na dúvida, quando você especificou que o período de floração seria no outono/inverno e com esse regime de horas. Enfim, minha planta esta florescendo? Devo colocá-la no escuro e lampadas? O rendimento nela na minha varanda (pega sol a tarde toda) seria muito inferior? (ela tem cerca de 60 cm hj) Será que ela floresce antes do natal? Rs. Meu projeto de Grow ja está pronto, uma cabeceira que comportara umas seis plantas; Ainda não siau do papel e madeira, porque minhas sementes foram barradas... Grande abraço”

 

 

De fato é importante cultivar apenas uma planta por vaso. Não significa que se tiverem mais de uma no mesmo vaso elas irão morrer. Mas plantas cultivadas muito próximos uma das outras concorrem por luz. Uma faz sombra para a outra, atrapalhando seu desenvolvimento. Quando são cultivadas no mesmo vaso, suas raízes ficarão disputando pelo alimento (nutrientes) e pela água disponíveis no solo e isso pode ser um problema grave. Geralmente uma planta se desenvolverá bem mais que a outra, ou ambas ficarão com o crescimento prejudicado. Mas, cada caso é um caso. Se houver bastante espaço no vaso, muito solo rico em nutrientes, esse problema pode ser minimizado. Sobre se sua planta está ou não florindo, precisaria de uma foto para ter um diagnóstico mais preciso. Mas, pela idade que ela já tem e por tudo que tem passado, provavelmente ela está se esforçando ao máximo para florir, já que as condições não estão muito favoravéis para que continue crescendo. A cannabis é uma planta muito inteligente e, quando sente que não dá mais para crescer, faz de tudo para florescer e garantir sua reprodução. Como disse na semana passada, a maconha só floresce quando os dias são mais curtos que as noites. Em algumas partes do Brasil é muito difícil para a planta florir próximo do verão, pois os dias são muito longos. Já em muitas regiões do Norte e Nordeste do país a duração dos dias e noites é quase a mesma o ano todo, favorecendo a floração das plantas. Se você morar numa parte do país com essa característica, ótimo! Provavelmente sua planta não vai ter dificuldade em continuar florindo. Mas, se morar em regiões onde os dias estão se alongando muito, a planta pode começar a revegetar. Já que está cultivando com a luz do sol, uma dica é colocar a planta num armário escuro (sem esquecer a ventilação), logo que a luz deixar de pegar diretamente na planta, para dar-lhes horas extra de escuridão por dia, ajudando-a a entender que está no outono/inverno e a continuar florindo.

 

“gostaria de saber se na fase inicial da planta há problema em adicionar nutrientes a água, e qual é o periodo ideal de iluminação. mto obrigado pela atenção ( o hempadão é foda com toda sua guerra contra o proibicionismo, continuem fazendo esse trampo dahora , vllw ai )”

 

Até o primeiro par de folhas serrilhadas a cannabis não precisa de nutrientes extras. Todo nutriente que precisa até essa já está na semente. Se você usa uma mistura de solo com um mínimo de nutrientes, também não vai precisar alimentá-la com fertilizantes nas primeiras semanas de vida. Se seu solo está bem descansado e contém muitos substratos nutritivos (farinha de osso, torta de mamona, estercos, humus de minhoca, etc), provavelmente a planta não precisará de nutrientes extras por algumas semanas, talvez até 1 mês ou mais. A verdade é que a cannabis é uma planta que não come muito. A maioria dos cultivadores iniciantes erra mais por alimentá-la em excesso do que por falta de comida. Então, é bom evitar colocar fertilizantes na água das mudas e brotos, a não ser que o solo que você esteja usando seja o que chamamos de solo inerte, ou seja, sem nutrientes, como os compostos por perlita, fibras de coco, turfa, vermiculita, dentre outros. Enquanto ainda são mudas e em todo o estágio vegetativo a planta precisa de ao menos 12hs de luz por dia. Pode ser mais. Alguns cultivadores dão às plantas até 24hs de luz diária. Mas, se você cultiva usando o sol, 3hs de luz direta já é o suficiente para cultivar plantas pequenas.

 

“Oi, me chamo Luis, queria saber se vocês tem informação sobre a obtenção de sementes da canabis, melhores tipos de espécimes, e etc. Tenho bastante curiosidade sobre o tema, inclusive sobre nutrição a partir das sementes, pois eu e minha namorada somos vegetarianos.”

 

Oi Luis. A escolha das sementes é algo muito pessoal. Atualmente existem milhares de híbridos com as mais variadas características não apenas em termos de estrutura da planta, mas de efeitos psicoativos e medicinais, de sabores, aromas e rendimento da colheita. Já que os sabores, aromas e efeitos são critérios muito pessoais que só podem ser conhecidos com tempo e experiência de cultivo, é importante se ater às características das plantas que mais se adaptam às condições de cultivo que se tem. Em geral, plantas indica ou hibridos com predominância indica têm floração mais curta, são menores, mais facéis de cultivar com lâmpadas, por precisarem de menos luz. Mas, por outro lado, têm maior tendência à mofar e não são indicadas para climas muito úmidos. Já plantas sativa ou com predominância sativa têm maior resistência ao mofo, mas são plantas que crescem muito, com período de floração longo, dificeis de cultivar usando lâmpadas e em espaços pequenos. É importante estudar bem uma variedade antes de optar por cultivá-la e também procurar conhecer bem o banco de sementes que a vende para saber se são confiavéis. As sementes do fumo paraguaio ou brasileiro são muito boas, mas como não são selecionadas, têm maior variabilidade genética e, por isso, é mais difícil encontrar um exemplar com grande produção de resina e flores, e que possa ser adaptado ao cultivo com lâmpadas. Mas são plantas ótimas e quem tiver condições de cultivá-las pode usar essas sementes sem medo. Com relação aos aspectos nutricionais da semente, indico o ótimo post publicado aqui mesmo no Hempadão ontem, e também o excelente livro do Chris Conrad, escritor e ativista, grande especialista no tema “HEMP – Usos Medicinais e Nutricionais da Maconha”, da Editora Record.

 

“Eai Galera do Hempadão, sauve? É o seguinte, lí o post do VITAL, antropólogo, então decidi envar um email pedindo ajuda, a ele ou a vcs. Sou aluno de Direito e vai acontecer uma palestra sob dois pontos de vista a respeito da regulamentação da erva no brasil, seguida de uma votação de todos. Claro, vou expor a favor da regulamentação. Quero saber se podem me ajudar com conhecimento sobre a maconha e a regulamentação. É isso ae, aquele abraço e parabens pelo blog”

 

Esse é um tema realmente muito vasto e e difícil construir um texto especificamente para subsidiar seus argumentos no debate. Acho que o melhor que posso fazer para te ajudar e indicar alguns textos, especialmente na área jurídica que é seu recorte, e dar uma dica que vale não apenas para quem quer pesquisar documentos acadêmicos sobre o tema da maconha, mas de qualquer área. O google tem uma ferramenta de busca específica para textos acadêmicos, o Google Scholar – scholar.google.com.br – muito recomendada.

 

Abaixo alguns textos sobre o tema que podem ajudá-lo:

A legalização da maconha e suas consequências

Legalizar a maconha

Discussão sobre a legalização da maconha

Legalização da maconha e populismo penal

 

Obrigado mais uma vez à galera do Hempadão pelo espaço, e a tod@s vocês, leitor@s, que têm me acolhido nessa editoria. Até semana que vem! Não esqueça de mandar suas dúvidas de cultivo para: redacao@hempadao.com

24 comentários:

  1. o Vidal tem a manha !

    ResponderExcluir
  2. Ao cara da primeira pergunta: Suas sementes foram barradas na alfandega cara? Vc não teve nenhum problema com a justiça nem nada do tipo?

    ResponderExcluir
  3. CARA TENHO UMA IMENSA DÚVIDA....C EU CULTIVAR MINHA PLANTINHA COM ALTERNANDO LUZ ARTIFICIAL E SOLAR TEM ALGUM PROBLEMA???? OBRIGADO QUEM PUDER M AJUDAR

    ResponderExcluir
  4. ^se a artificial for adequada para o plantio,nenhum!!

    ResponderExcluir
  5. Olá hempada !Vocês não tem interesse de levar a pauta legalização da maconha para a ocupação da cinêlandia ?
    estarão presentes representantes de todo tipo,
    LGBT,movimentos anarquistas,contra corrupção,direitos animais,eu estarei lá Representando a legalização entre outros !
    evento: http://www.facebook.com/event.php?eid=226988327360622#!/event.php?eid=297016506990814
    pensem nisso os indignados unidos são mais fortes.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. dica: quanto mais bonitas grandes e brilhantes forem as sementes, mais forte e resistente será a planta geneticamente.

    ResponderExcluir
  7. muito bom o post Vidal.
    Parabens!!

    ResponderExcluir
  8. Olha, o mano Guaxinin mandou uma pergunta.
    KKKKK! Eu que falei pra ele rancar o pimentão, rs.

    Nós.
    Paz!

    ResponderExcluir
  9. muito bom tópico!

    ResponderExcluir
  10. tomara q agora o staff/mulecada do hempadao pare de fumar prensado e comece a cultivar.

    ResponderExcluir
  11. tomara q agora o muleque q falou isso aí em cima também pare de tirar onda de cultivador e pare de fumar prensado também hahahahaha

    ResponderExcluir
  12. A ignorancia é uma droga terrivel, destroi lares, familias e nações inteiras, e deve ser combatida na base da informação. Que ouçam os que quiserem, mas normalmente os que falam sobre o que não escultaram.
    Legalize já

    ResponderExcluir
  13. Legalize a paz!!
    Libere a maconha

    ResponderExcluir
  14. eu acho que o livro do vidal ta bem carinho viu afinal tudo que nele esta escrito vc encontra gratuitamente na internet acredito que todos tem o conheçimento disso né?

    ResponderExcluir
  15. Caro é o prensado de merda q a gente fuma hj em dia. Já olhou os preços dos produtos nessas lojas de cultivo? Jardins Urbanos, Raiz, etc, essas loja que é caro. Com o preço do livro tu não compra nem um timer... Eu paguei e não me arrependo. Pra mim o conhecimento é a parte mais valiosa do cultivo.

    ResponderExcluir
  16. Essas lojas é que tão roubando agente. Até se comprar em loja na europa, com frete e tudo, sai mais barato que aqui. Os caras tão explorando porque tem poca loja no Brasil...

    ResponderExcluir
  17. Suas sementes foram barradas na alfandega cara? Vc não teve nenhum problema com a justiça nem nada do tipo?

    ResponderExcluir
  18. muito bom! sergio vidal como sempre mandando muito bem!!

    ResponderExcluir
  19. cara os produtos na gringa sao carao tbem, jardins urbanos nem ta tao caro assim ta tranquilo !
    olha esse site de portugal os preços

    http://www.cognoscitiva-pt.com/shop/

    detalhe q eh euros q ta 2,40 maomeno

    ResponderExcluir
  20. Vidal, da semente colocada no vaso , até a ida pro campo demora quanto tempo, em média ? Grato !

    ResponderExcluir
  21. no estado da califórnia a venda da erva que é feita sob prescrição médica custa em torno de U$50 por 5gm.

    ResponderExcluir
  22. putz!! isso da uns R$150

    ResponderExcluir
  23. pq meu pe tem 5 meses e ainda nao floresceu?

    ResponderExcluir