segunda-feira, 19 de março de 2012

A Comparação de Jefferson – Tabaco X Cânhamo! [OnJack Ed. 160#]

Thomas Jefferson escreveu e agiu muitas vezes em prol do cânha­mo, tendo contrabandeado semen­tes raras para a América, redese­nhado o travão de cânhamo e re­digido os seus jornais agrícolas, nos quais escreveu o seguinte em 16 de Março de 1791:

 

"A cultura [do tabaco] é perniciosa. Esta planta exaure grande­mente o solo. E como requer muito estrume, as outras produções são privadas dele; não gerando nutri­ção para o gado, o estrume gasto não tem retorno (...)

 

 

"O tabaco é impolítico. O fato bem assente no sistema agrícola é que o melhor cânhamo e o melhor tabaco crescem no mesmo tipo de solo. O primeiro artigo é de pri­meira necessidade para o comércio e a marinha, por outras palavras para a riqueza e proteção da na­ção. O último, jamais útil e por vezes pernicioso, deriva a sua apre­ciação do capricho, e o seu valor dos impostos aos quais foi ante­riormente sujeito. A preferência a outorgar derivará de uma com­paração mútua: No seu estado mais grosseiro, o cânhamo ocupa mais mão-de-obra do que o tabaco; sendo um material usado para manufaturas de diversos tipos, ele torna-se subsequentemente o meio de sustento para muitas pessoas; donde que deve ser preferido num país populoso.

 

"A América importa cânhamo e continuará a fazê-lo, e também artigos diversos feitos de cânhamo, tais como cordame, velas de nave­gação, linho perfurado e peúgas"

 

A Política do Papel

As massas populares, "os comuns", eram mantidas na linha através de um duplo sistema de medo e ignorância forçada. Todo o ensino exceto o mais rudimentar era controlado e estritamente regulamentado pelo clero.

 

Os comuns (cerca de 95% das pessoas) eram proibidos de aprender a ler ou escrever, sendo amiúde castigados ou condenados à morte por o fazerem.

 

A população era também proibida de aprender latim, a língua da Bíblia. Isto permitia que os poucos padres letrados interpretassem as escrituras como muito bem lhes aprouvesse, o que fizeram du­rante cerca de 1200 anos, até à Reforma na Europa, circa 1600.

 

Os mosteiros preservavam e guar­davam os segredos do cânhamo, pois o clero sabia que ele apresentava duas ameaças a esta política de controle abso­luto: o fabrico de papel e de óleo de ilu­minação. A população vivia literalmente no escuro, sem iluminação e não dispon­do sequer de um pedaço de papel para escrever.

Mas isto não chegava.

 

A proibição dos Remédios de Cannabis

Ao mesmo tempo que adotava o vinho como sacramento, e tolerava a cerveja e as bebidas fortemente alcoóli­cas, a Inquisição proibiu a ingestão de cannabis na Espanha no século XII, e na França no século XIII. Muitos outros remédios naturais foram simultanea­mente proibidos. Qualquer pessoa que usasse cânhamo para comunicar com espíritos, operar curas ou com qualquer outro fim era classificada de "feiticeiro". Santa Joana d'Arc, por exemplo, foi acusada em 1430-31 de usar uma série de drogas vegetais "de feiticeiro" incluindo cannabis, de modo a ouvir vozes.

8 comentários:

  1. Muito bom o post!
    Mas onde estará a fooooonte hempada?!
    Jah Bless

    ResponderExcluir
  2. Eu não entendo o pq de tanta perseguião por causa da maconha, seja ela feita pela igreja ou politicos, ou presidentes... Nós sabemos muito bem que os eua foi grande influenciador na proibição da maconha em diversos países, inclusive o nosso... Eu ahco estranho essa perseguição toda e deixando o alcool ou cigarro que é muito pior liberados... Parece perseguição!!! Parece que não querem que as pessoas conheçam a felicidade... Só pode, p/o governo americano jogar fora todas as pesquisas feitas que mostravam que a cannabis não era perigosa, só me fazem concluir isso.
    Eu heim... ¬¬
    LEGALIZE JÁ!!!

    ResponderExcluir
  3. PLANET já flva tudo!!

    Desde pequeno você é induzido a fumar induzido a beber e vendo a TV falar, digam não as drogas, use camisinha e para de brigar mas beba muito álcool até a sua barriga inchar, o que você tem na cabeça? tudo que eles te falam você acha uma beleza aprenda a dizer não pense um pouco meu irmão você tem medo de quem? Eu fumo a minha erva e não faço mal a ninguém quem? a culpa é de quem?......
    .....Eu fumo minha erva e me chamam de ladrão os negros já fumavam erva antes da África deixar mas os senhores proibiram por não querer nos libertar, e os senhores de hoje em dia estão proibindo também se o pobre começa a pensar parece que incomoda alguém crianças crescem nas ruas não confiam em ninguém escondem nossa cultura referência ninguém tem, o País ta uma merda e a culpa é de quem? a culpa é de quem?

    ResponderExcluir
  4. UMA DAS MELHORES MATERIAS ESCRITAS!

    PARAbÉNS PELO TRABALHO DE JORNALISMO! MUITO BOM MESMO!

    ResponderExcluir
  5. QUE ISSO! Que paralelo GENIAL foi esse!? O autor tem todo o meu respeito e admiração. Porra, vou ser obrigado a compartilhar esse link no facebook (tenho medo da recriminação da sociedade por ser um site de maconheiros). A verdade cuspida na cara sem dó, foi esse texto. Uma análise inteligente que traçou uma relação de causa e efeito poderosa.
    Sem luz, privado de qualquer atividade à noite, sem saber ler e sem ter papel. Saber ler é o principal para formar uma opinião crítica e criar um melhor entendimento da vida. Sem o papel, o qual dá margem ao ser humano de tentar expor o que o pensa. Até mesmo nos aspectos sociais e de cultivo, a vitória intelectual e lógica prevalece (fica claro que a cannabis é o melhor para a sociedade). Sem mais, o texto já disse tudo.
    Paz

    ResponderExcluir
  6. CALMA TURMA
    SE NÓS QUISERMOS PODEMOS ENTRE OUTRAS COISAS!
    - BEBER AMACIANTE
    - BEBER TINNER
    - CHERA COLA
    - SE VC ARRANCA UM BRAÇO SEU COM UMA SEERRIINHA NÃO É CRIME, SE VC INALAR VENENO DE MATA BARATA NAO É CRIME
    MAIS SE VC ASCENDER UM BASEADO QUANDO CHEGA DO TRAMPO E PÕE UM RAUL SEIXAS AÍ SIM A COISA FIKA PERIGOSA, NAO DEMORA O HELICOPTERO DA PF POUSA NA PORTA DA SUA KSA

    ResponderExcluir
  7. Em meio a tantas censura na região, sempre tem os jornais democraticos, tamos ai
    http://www.dgabc.com.br/News/5947893/marcha-da-maconha-quer-arrecadar-r-15-mil.aspx

    ResponderExcluir
  8. Salve Salve Galera, queria convida vocês pra darem uma passada lá no LegalizePR!
    Ta muito bom o blog, cheio de informações para vocês.
    Ta rolando promoção no Face.
    Entra la
    www.legalizepr.blogspot.com

    LegalizePR!
    Legalizando Sua Ideia

    ResponderExcluir