sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Rita Lee, Pinheirinho e Fórum Social Contra a Opressão do Estado! [ObsERVAções #153]

por Renato Cinco

 

Estou de mudança e não foi nada fácil escrever a coluna de hoje. No meio das caixas e do caos, estou tirando uns minutinhos para cumprir esta tarefa semanal.

 

E não poderia deixar de puxar uma salva de palmas para Rita Lee pela sua coragem ao enfrentar a repressão à maconha no seu show de despedida dos palcos. A grande decana do rock não se intimidou e colocou às claras o absurdo que é uma operação policial, no meio de um show, com o objetivo de reprimir o uso de drogas, um crime que não prevê pena de prisão e que deveria ser a última prioridade da polícia, frente a coisas bem mais graves que rolam por aí.

 

Também preciso comentar sobre o Fórum Social Temático. Como falei na semana passada, rolaram várias atividades dos nossos movimentos, inclusive uma Marcha da Maconha extraordinária. Todas as atividades foram sucesso de público e crítica e a nossa passeata mais uma vez foi a segunda maior, perdendo apenas para a de abertura. Foram ótimas oportunidades de ganhamos novos ativistas e de conversarmos sobre as marchas de maio, o encontro em junho e nossa atuação na Cúpula dos Povos.

 

Por fim, continuo com nojo de toda a corja responsável por desalojar as famílias de Pinheirinho em São José dos Campos. Tanta violência e injustiça com os pobres para devolver as terras para o especulador Naji Nahas.

 

Como sempre, fecho com os 99%.

Somos todos Pinheirinho!

13 comentários:

  1. e a culpa é de quem???

    ResponderExcluir
  2. Das religiões! Da Política externa Estadunidense! Dos Bancos! Do DOllar! Do Federal Reserve! Do Povo!
    A culpa é do CAPITAL!

    ResponderExcluir
  3. eu estava na marcha da maconha espontânea pós show do Gil. Cara foi muito incrível, a galera gritando na chegada a estação, na plataforma, no trem na rua de PoA... foi muito muito muito lindo

    ResponderExcluir
  4. O CAPITAL ocupa o lugar onde JAH deveria estar...
    ;(

    Mas eu acredito que o capitalismo não sobreviverá por muito mais tempo. Um colapso poderá se dar a qualquer momento, e outro sistema precisará entrar no lugar. Espero dar minha contribuição, mesmo que isso não aconteça na minha geração.

    Que venha uma organização mais criativa, equalitária, integradora das diferenças e sem tantos excessos.

    ResponderExcluir
  5. Outro dia na rua um senhor puxou um papo comigo. No meio da conversa ele confidenciou ter visto um pé de maconha num terreno há alguns anos e etc, como que esperando de mim uma reação de indignação, aviltamento moralista e intolerância. Vi que aquela era uma grande chance de pelo menos tentar conscientizar alguém. Não economizei os argumentos imbatíveis que nos acolhem da violência e da demonização. Busquei abranger o máximo. Não foi fácil, mas foi muito gratificante ver a pessoa "encaixar todas as peças" e concluir de dentro pra fora o equívoco que é a proibição da maconha. Naturalmente o assunto verteu pra outro tema e continuamos papeando por mais um bom tempo sem nenhum tipo de problema.

    ResponderExcluir
  6. êaaaa! legalize ganjah!

    ResponderExcluir
  7. EU COMPRAVA NO PINHEIRINHO PORRAAAAAAAAAA
    SÓ TINHA GENTE BOA NAQUELE LUGAR !
    FICAVAM ASSUSTADOS QUANDO EU DIZIA QUE COMPRAVA LÁ, EU DIZIA, LÁ NÃO TEM CRIME QUE ME AFETE, EM TODO OUTRO LUGAR QUE EU VEJO TEM CRIME QUE ME AFETE, LÁ NÃO! SÓ TINHA MEDO É DOS PORCOS FARDADOS VICIADOS DO KARALHO QUE FICAVAM RONDANDO A REGIÃO PRA DAR A BOLADA DO DIA, FDPS DE MERDA!!

    vlw hempadãooo

    ResponderExcluir
  8. quando eu to com minha maconha, nem isso me pertuba.

    ResponderExcluir
  9. só um detalhe... o pinheirinho NÃO vai voltar pro Naji Nahas... pertence a massa falida e vai garantir dinheiro a credores e também a direitos trabalhistas...
    Sou de São José e sei de muita gente que já tinha casa e invadiu lá pra ganhar dinheiro, deixar mais uma de aluguel...
    Fico só com pena da minoria dos poucos necessitados... Saibam que em 8 anos de pinheirinho, o projeto de casa populares da prefeitura de SJC recebeu menos de 80 inscriçoes de famílias do pinheirinho...
    É muito fácil criticar sem se informar

    ResponderExcluir
  10. Se informe antes de falar e legalize GANJA!

    ResponderExcluir