quinta-feira, 21 de junho de 2012

Sexualidade, Enteogenia e Entactógenos: Neurosoup Trip Guide – Cap. 4!

[Portas da Percepção Ed. 172#]

por Fernando Beserra

Sexualidade é outro importante aspecto da experiência enteogênica. Vou começar discutindo afrodisíacos porque é sobre o que muitas pessoas me perguntam primeiro. O tipo de substâncias que eu encontrei sendo os melhores afrodisíacos são os entactógenos. Não é que os enteógenos não sejam ou não possam ser afrodisíacos; é que os entactógenos parecem ser um pouco mais previsíveis. Ao mesmo tempo, entactógenos nem sempre causam a vontade de fazer sexo; é apenas muito mais provável do que com enteógenos. Eu acho que é assim porque as experiências enteogênicas são geralmente muito mais profundas e fortes do que experiências com entactógenos.

 

 

Minha combinação favorita de entactógenos é MDMA com GHB. Vou dividir um pouco uma pequena parte de minha experiência. Seis anos atrás nesta época do ano, eu saí para comprar mantimentos e terminei comprando um chapéu de Papai Noel também. Eu fui para casa e, quando desempacotei os mantimentos, meu namorado e namorada ao mesmo tempo me convenceram de tomar um combo de MDMA/GHB com eles. Cerca de 45 minutos depois de eu ter dosado, as paredes começaram a vibrar e respirar de uma forma que eu não tinha experienciado com nenhuma combinação de drogas. Eu senti calor e confusão por toda parte. Eu também senti uma espécie de enjoo, mas de uma forma boa. Eu não podia parar de sorrir e de dar risadas. Então eu comecei a me sentir ligada de forma que nunca havia experiência em minha vida. Eu rapidamente tirei tudo menos o chapéu de Papai Noel. Eu acho que você já entendeu, então não vou explicar melhor...

 

Eu tive ambas, experiências positivas e negativas, fazendo sexo enquanto viajava. Eu vou começar com os aspectos positivos primeiro. E, claro, nos devemos começar com o estado de felicidade orgástica sem-fim. Ambos, enteógenos e entactógenos, acentuam a experiência sexual. Eles podem fazer com que tudo seja sentido melhor e mais intensamente. Isso comumente aumenta a quantidade e o tempo dos orgasmos que uma pessoa está tendo. Algumas vezes aumenta ao ponto de parecer que você está em um constante e sem tempo estado de orgasmo.

 

De acordo com Ann Shulgin (1997) no PHIKAL, “Se você é familiar com certo psiquedélico ou planta visionária, e tem experiência usando ela, fazer amor pode tornar-se uma verdadeira experiência multi-dimensional, sensualidade entrelaçada com espírito, imagens preciosas por trás das pálpebras fechadas combinadas com o cheiro e sensação da pele, e o orgasmo florescendo profundamente na mente antes que ele exploda – dolorosamente doce e longo – no corpo”.

 

Outro aspecto positivo é a unidade e a união que pode ocorrer. Na maioria das vezes que eu viajei com um namorado antigo, nós usualmente terminávamos fazendo amor no mesmo ponto durante a viagem. Sempre era, para nós, uma experiência muito bonita para dividir; ela permitia-nos um vínculo mais profundo que durante uma experiência sexual usual. As fronteiras que existiam entre nossos sensos de si-mesmos separados facilmente derreteu e nós éramos capazes a juntar-nos em um ser. Nós éramos capazes de venerar um ao outro, de uma forma além das palavras. Esse aspecto tem muito a ver com a pessoa com quem você está. Acredito que esse tipo de laço ocorreu porque meu parceiro e eu tínhamos estado namorando por um bom tempo antes da experiência; nos acreditávamos completamente um no outro. Nós estávamos nos amando antes da experiência, então isso ajudou a ambos sentir-nos seguros e a salvo. Nós também podíamos ler cada um ao outro realmente bem; então nós sabíamos bem quando o outro estava no espaço certo para fazer amor.

 

Um aspecto que pode ser ambos, positivo e negativo, é que ambos enteógenos e entactógenos normalmente decrescem as inibições. Isso pode ser muito divertido se você está com alguém que você acredita. Isso pode dar-lhe a oportunidade de explorar aspectos da sexualidade que você poderia sentir-se tímido para experimentar de outro modo.

 

Entretanto, se você estiver com pessoas que não conhece bem, isso pode criar uma situação da qual você pode se arrepender. Por exemplo, eu tinha estado em várias festas onde eu tirei minhas roupas e corri nua, ficando[1] (making out) com quem por acaso passasse em minha frente naquele momento. Eu olho para trás estas experiências e imagino o que eu estava pensando – eu acho que realmente eu não estava pensando. Refletindo sobre meu comportamento apenas me faz rir, embora eu possa ver o potencial para algumas pessoas realmente sentirem-se embaraçadas com uma situação como essa.

 

Agora, nós nos movemos para um dos mais negativos aspectos que, novamente, tem muito a ver com a pessoa que você resolve viajar junto. É triste dizer, mas algumas pessoas tentam usar enteógenos como uma droga de estupro. Isso é porque é tão importante que você confie na pessoa que vai viajar com você. Também é uma boa ideia viajar com mais de uma pessoa, nessa situação existem outras pessoas em volta de você para ajudá-lo se você for vitimizado desta forma.


[1] - Making out normalmente não tem a conotação exata de “transar”, mas está mais relacionado a pegação, beijos demorados, o que pode ocasionar em sexo, mas não necessariamente.

11 comentários:

  1. The first
    Não manjo muito desse lado tecnicamente em foco com a quimica de certas substancias, mas comprendi bem esse texto.
    Sempre chamo de os quatro paixões,os Ms:
    Mulher, mar, musica e maconha, lembrando que vale mudar a ordem. Gostei do texto, vou guardar pra proxima mulher da minha vida.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. VOTE NA ENQUETE SOBRE DESCRIMINAR O PORTE E USO DE DROGAS DO JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DE BRASÍLIA: BASTA PROCURAR O LINK À ESQUERDA DA PÁGINA: CORREIOWEB.COM.BR

    ResponderExcluir
  4. Acho que independente da finaldidade da trip, é muito importante estar ao lad ode alguém que se confie... é só que, pra algo tão intimo quanto sexo, isso se torna mais relevante ainda...

    os Ms kkkk

    ResponderExcluir
  5. huahuauh... é verdade. Acho que é a principal preocupação da Krystle desde que ela teve aquele problema com o ex-namorado que foi preso, perseguiu e torturou ela..

    Agora eu ainda acho um pouco viagem essas combinações que a ela faz... tipo GHB e MDMA. Infelizmente não tive tempo e pesquisar melhor isso, mas provavelmente é uma má combinação, até pelo GHB ser uma substância que acarreta maiores danos. Em relação ao MDMA ainda existe muita controvérsia... enquanto ela tomava puro, diretamente do laboratório, certamente era menos problemático..

    ResponderExcluir
  6. Maconha é uma droga, têm que ser proibida!!!!
    Ela é a porta de entrada para um sexo Saúdavel
    q absurdiooo
    Ass: O ultimo Brasileiro virgem

    ResponderExcluir
  7. porra ela sofreu nas mãos daquele ex...

    mas e na natureza, não existe nada que tenha efeitos afrodisiacos com potencial "igual" ao das químicas?

    eu sei que a sálvia pode proporciona uma experiencia sexual mais intensa, mas acho que é diferente, potencialmente falando, dessas combinações, ou até mesmo o MDMA sozinho... me parece que as químicas são mais eficazes e potentes quando se trata de sexo

    ResponderExcluir
  8. Não sei Eduardo..

    A própria cannabis ressalta as sensações, daí gerando alguns estados distintos e afrodisíacos.

    Entre os outros enteógenos, eu não sei pela prática, mas creio que o psylocibe cubensis em dose baixa... talvez tenha um efeito semelhante a uma dose baixa de LSD nesse caso..

    Agora essa divisão entre químico e natural é meio furada né? Talvez possamos falar em saudável e não saudável em determinada dosagem e setting... mas toda substância natural também é química.

    ResponderExcluir
  9. ATENCAO SOU VIDENTE E TIVE A VISAO. MACONHA VAI SER LEGALIZADA ATE A COPA DO MUNDO NO BRASIL. JANELANAS E SACADAS TODAS FLORIDAS. QUEM VIVER VAI VER

    ResponderExcluir
  10. huauhauha

    só podia ser no Portas.. amém.

    ResponderExcluir
  11. Isso da cannabis é verdade.

    O que tu disse sobre o LSD e o PC é interessante... é como se o LSD fosse realmente mais apropriado pra essa situação...

    E na verdade tu ta certo, distingui químico e natural é furada mesmo. Acho que é só um preconceito que eu criei se manifestando :p

    ResponderExcluir