segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ritmo Quente! [BeckBeat Ed. 170#]

por Café com Leite

A Jamaica não produz muitos vídeos, apesar de produzir muita música. Geralmente eles botam grana para fazer vídeos só dos artistas mais famosos ou de músicas que já são sucessos na pista. Aos poucos eles vem fazendo mais trabalhos, mas a maioria ainda é bastante caricata, ou simplesmente tosca. Alguns tem superproduções, outros são praticamente caseiros. Summertime fez um enorme sucesso recentemente, e aí vai seu vídeo, feito, creio eu, para agradar às vistas masculinas. Por falar nisso, vocês já viram o calendário da Rádio Legalize pra arrecadar fundos pra Marcha da Maconha? Moças e flores das mais bonitas. Quem não comprou no início do ano ainda acha alguns por aí. Senão, é esperar o do ano que vem. Prometeram que sai o dos meninos também, pra não desagradar ninguém.

 

O verão oficial ainda está longe, mas no Brasil o calor impera a maior parte do tempo. MO FYA!!!! Sempre quente!

2 comentários:

  1. 28/05/2012 - 13h37
    Comissão de juristas aprova descriminalização do uso de drogas

    Publicidade

    NÁDIA GUERLENDA
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 15h37.

    A comissão de juristas que discute a reforma do Código Penal no Senado aprovou nesta segunda-feira (28) a descriminalização do uso de drogas.

    Comissão de juristas criminaliza bullying e perseguição
    Juristas criminalizam atos médicos contra a vontade do paciente
    Comissão aprova criminalização da homofobia no novo Código Penal
    Abandono de animais pode se tornar crime no país

    As propostas da comissão, consolidadas, devem ser encaminhadas ao Congresso até o final de junho. Apenas após votação nas duas Casas as sugestões viram lei.

    Atualmente o uso de drogas é crime, porém não é punido com prisão. O texto aprovado pela comissão deixa de classificar como crime o uso de qualquer droga, assim como a compra, porte ou depósito para consumo próprio.

    A autora da proposta, a defensora pública Juliana Belloque, afirmou que se baseou na tendência mundial de descriminalização do uso e na necessidade de diminuir o número de prisões equivocadas de usuários pelo crime de tráfico.

    Ela citou reportagem publicada pela Folha que apontou um crescimento desproporcional do aprisionamento de acusados de tráfico desde 2006, quando entrou em vigor a atual lei de drogas: enquanto as taxas de presos por outros crimes cresceram entre 30% e 35%, o número de punidos por tráfico aumentou 110%. A alta se explica, de acordo com especialistas, pela confusão entre usuário e traficante.

    A comissão aprovou uma exceção em que o uso de drogas será crime: quando ele ocorrer na presença de crianças ou adolescentes ou nas proximidades de escolas e outros locais com concentração de crianças e adolescentes.

    Nesse caso, as penas seriam aquelas aplicadas atualmente ao uso comum: advertência sobre os efeitos das drogas, prestação de serviços à comunidade e o comparecimento obrigatório a programa ou curso educativo.

    Para diferenciar o usuário do traficante, os juristas estabeleceram a quantidade máxima de droga a ser encontrada com o acusado: o equivalente a cinco dias de uso. Como a quantidade média diária varia conforme a droga, o texto estabelece que serão utilizadas as definições da Anvisa.

    A comissão também aprovou a diminuição da pena máxima para o preso por tráfico. Hoje são 5 a 15 anos de prisão e a proposta estabelece 5 a 10.

    Dos nove juristas presentes de um total de 15 da comissão, apenas o relator, o procurador da República Luiz Carlos Gonçalves, votou contra a descriminalização.

    Para ele, o fato de o usuário não ser punido acabará estimulando que ele seja considerado pela polícia e pela Justiça um traficante, o que aumentaria o encarceramento - exatamente o efeito contrário que a comissão pretende atingir.

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1096760-comissao-de-juristas-aprova-descriminalizacao-do-uso-de-drogas.shtml

    ResponderExcluir
  2. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1096760-comissao-sugere-descriminalizar-uso-e-plantio-de-drogas.shtml

    Essa vale a pena dar um parabens, ai não teve censura de divulgação de informação não.
    A Folha tá de parabens eim

    ResponderExcluir