quinta-feira, 21 de julho de 2011

Informação sobre Maconha, Hempadão? Só isso… [Adão e Erva #125]

Mas no sentido mais lato sensu possível, do mais sensível passeio a todos os leitos por onde abriga a folha da cannabis, da pichação do muro ao registro histórico, do ídolo de fumaça às minúcias da ciências, da poesia a bendita prosa de Adão, do desenho, do empenho, da colaboração de gente que legitima o fazer desta joça. Informações sobre maconha, sim – e absolutamente nada mais.

 

Muita gente passa por aqui sem perceber onde está. Outros acompanham desde o começo e conhecem mais ou menos a história. Política, música, fotografia, identidade, conteúdo, militância e claro… informação, ação de compartilhar ideias através de veiculação de muito conteúdo. Seguimos na luta e vamos agora apresentar nosso arsenal, quem sabe sabe, quem não sabe, aprende. Adão e Erva é uma editoria de crônica, opinião e humor. Você pode ler todos os posts publicados em cada sessão clicando nos links do texto. Faça essa viagem e saiba como foi o processo de marolar informação de norte a sul do Brasil através do Blogspot.

 

 

No dia que nasceu o blog eu também nasci, disse Adão para Erva numa noite romântica de fumaça no banheiro. Não cabe contar a história do blog aqui, porque isso provavelmente você vai encontrar em algum post do Adão, perdido na selva. Cabe apresentar nosso roteiro para a degustação da Hempada em seu caráter cardápio informativo, então… se liga!

 

Sei que to atrasado, mas tudo bem. Para quem não sabe, o Hempadão posta sempre que o relógio bate 4e20. Adão atrasa quase sempre e isso se dá por um motivo simples, é exatamente às 4 e 20 que, juntamente com sua fiel esposa, ele alcança o gozo da ideia e aí começo… Adão e Erva sempre – ou nunca – às 4 e 20 de Quinta.

 

Mas nem só de quatro e vinte vive a cuca, por isso quando lá para as 11 horas tem Baurets, editoria de desenho e charge autoral, feita por colaboradores que tem o dom e a hombridade de fazer parte de nossa equipe! Antigamente era só um post por dia, mas não cabia. Porque a erva no paraíso não instiga tanto quanto a curiosidade pela planta, e também a vontade de lutar pela liberdade e libertação de um preconceito imbecil que se materealiza em proibição. Hoje em dia nossa luta vai além e posta também às duas horas da tarde, as vezes.

 

E quando dá 4e20 de novo, na quinta, tem Hemportagem, hoje em dia escrita da Europa, mas já foi correspondente da Califórnia durante bom tempo. Nosso hempórter Pietro ainda escreve outra editoria que a mais lida do blog, sabem qual? Enfim… algum estagiário chapadão criou que 8e40 é double beck e esse virou nosso horário alternativo da noite. Ainda hoje você vai ver, portanto, o Pé na Marcha, um editorial exclusivo sobre a Marcha da Maconha e suas programações. E 10 horas da noite também tem post e vamos no embalo psicodélico de Fernando Beserra, com o Portas da Percepção.

 

Aí dorme o dia, vem a madruga e a pancadaria porque é sexta feira e 420 tem BONG – Baque de Oposição a Negligência da Guarda, um espaço que conta com 100% da participação dos leitores que contam suas histórias sofridas pela negligência da guarda policial.  11 horas alivias as tensões ou não, pois Baco é poeta de morder os seus tendões, ele fuma poesia e evoca todas as pressões, tem consigo poções e rimas, porções. Baco são 3 pulmões e um coração, ele escreve o PotPoets e fez o Jingle do Hempadão.

 

E 420, na sexta, tem HempSong, uma das editorias que nasceram na primeira semana de blog. Desde lá são postadas músicas que tenham algo a ver com maconha, e olha quanta coisa. Vale a pena clicar no link e conferir, como quem não quer nada, quanto maconheiro você já ouviu no seu radim. 8e40 tem as ObsErvAções do Renato Cinco, sociólogo e militante pela legalização das drogas. Dez horas tinha o THCélebre, mas ele anda em baixa por falta de um bendito fusível que queimou na redação.

 

É cansativo explicar isso tudo. É impossível explicar pessoalmente, por isso estou escrevendo. Sábado é o último dia do editorial semanal do nosso jornalismo canábico. 4e20 da madruga tem Rastafórum, que de Rasta não teve nada, e sim de Bob Marley, toda sua biografia e família. Onze horas temos as tiras fantásticas de Arthur Esteves, mais um artista que trabalha conosco para colorir informação e cultura da ganja através do Homem Erva.

 

Sobra conteúdo e faltam recursos. As viagens do ErvaMundi foram praticamente interrompidas, mesmo elas nunca tendo sido feitas, já que a viagem é meramente informativa e de praxe confessional de quem já foi lá e viu, ouviu, viveu. Cultura da maconha em todo lugar, e em ordem alfabética. Os caras mapearam todos os países de letra A, B, C, D, E e F… hahaha! Eu torço para que continue! Também no sábado tem o Growerlândia, o espaço destinado aos cultivadores de maconha, sempre com vídeos mostrando plantações caseiras da erva, inofensias embora criminalizadas. Porque?!

 

Dez horas da noite tem Dicolized, feito pela galera da Várzea Crew, um coletivo de colecionadores de vinil com orelhas apuradas para sons que contenham fumaça, sacou? Mais que isso… eles descolam, toda semana, um download de música retirada da cartola de cânhamo – vasto repertório! E aí acabou a edição, tem o fechamento com o índice bonitinho e a quantidade de visita [cerca de 20 mil visitantes únicos por semana] e de comentários que a galera larga por aí. Chega domingo e temos a outra editoria do Pietro, a mais clicada e buscada do blog, abre a edição com uma dica de filme em que se encontra o resquício de marola ou sapiência indispensável ao nosso público. Não abandone esse post pela wollyweed, mas não deixe de ver o DownDois!

 

O domingo pede cachimbo então a gente solta fumaça. 11 Horas tem o RiaJah, de humor, se bem que nego não respeita muito horário no final de semana do blog, aliás, Adão pede mais ordem nessa redação nos plantões, ou se não vai suspender a planta. 4e20 da tarde tem Discovery Hemp, foco na ciência e em descobertas relacionadas a cannabis sativa. Ainda no domingo rola Desenhonha, um barato, espaço destinado a desenhos dos leitores – vários talentos.

 

E então às 10 da noite mais uma vez Marco Hollanda conduz a trama, desta vez com o WeedNews, trazendo as principais notícias do universo da maconha no Brasil e no Mundo. Depois geral chapa porque vem segunda-feira e 4e20 tem RedEyes, mais um espaço de autoria 100% independente porque o que manda é a fila de ordem de chegada que se organiza em na caixa de e-mail do blog, alimentado por você aí, com esse olho vermelho.

 

Aí ainda acham que é fácil fazer blog é fácil e que não dá trabalho. Mas além de blogar, muitos de nossos colaboradores trabalham, como é o caso do Cacá R Müller, advogado responsável por escrever o Baseado na Lei, religiosamente postado às 11 horas na segunda. E para quebrar o clima baixo astral do primeiro dia útil, a gente ministra às 4e20 da tarde, o  BeckBeat, com a DJ Café com Leite soltano o batidão enfumaçado.

 

Ainda na segunda a gente traduz a obra de Jack Heres com o célebre e profético livro O Imperador está Nu através da editoria OnJack, enquanto às 10 horas o que se articula é um pouco de fofoca porque o Hempadão invade a vida dos Fumosos, ou seja, aqueles que porventura tem fama e fumo. E na terça quem abre as portas é a indicação para outros sites ou parcerias com o OnWave. E 11 horas tem as tiras do Capitão Presença, esquentando a chapa para o Chapa2, editoria de política e crítica da nossa ação social.

 

Às oito e quarenta de terça tem o Pérolas do Social Club, nada mais nada menos do que as melhores fotos postadas no Hempadão Social Club. E fecha o dia com uma editoria que bomba no twitter e guia a vida de muita gente, o SignoSativo, feito pelo mago Lomhpill, moleque bom! Falta só a quarta feira e agora eu lembrei que não precisava ter explicado isso tudo. TEm a barrinha ali em cima, já viu? Ali tem toa a programação!

 

Mas já que já vim até aqui, vamos de um quarto, na quarta, que começa às 4e20 da madrugs com HempTube, mais uma editoria das antigas. Depois tem CannaBusiness, o espaço do cânhamo e todas suas mil e uma utilidades. 4e20 da tarde tem Aspilão, uma coleção de aspas sobre maconha. Google Street Fire e Discotecanábica fecham a tampa e se você não sabe o que eles são, vale a pena ver clicar aí nos links.

 

Se você leu esse texto até aqui, eu tenho muito a te agradecer, isso significa que você é um legítimo leitor do Hempadão. Adão fica por aqui com o dedo dormente, mas uma certeza no coração: pertence ao coletivo que trabalha muito em prol da informação.

11 comentários:

  1. Quero agradecer a todos do Hempada por fornecer tudo isso a nós leitores! Abraço

    ResponderExcluir
  2. também só me resta agradecer,belo trabalho !
    acompanho desde sempre.
    abraço

    ResponderExcluir
  3. ahauhauhau. a 1º faixa de 4:20 foi feita por mim na marcha da MACONHA em brasilia
    " 4:20 Valparaiso I "

    ResponderExcluir
  4. viva o hempadao, facilitando a larica alternativa de quem gosta da coisa.

    ResponderExcluir
  5. Alininha -`'´-21 de julho de 2011 10:10

    Blog chapadão, um salve aii aos parceiroo
    no meu relógio sem atraso >)

    Alininha _\|/_

    ResponderExcluir
  6. pode crer que o esforço de vcs faz toda a diferença pra gente . obrigado hempadão ;)

    ResponderExcluir
  7. OnJack, OnJack, OnJack

    História, história, história.

    Rasguem os livros de estória da escolinha capetalista e leiam ON JACK.

    ResponderExcluir
  8. Conheci a pouco tempo o Hempadão. E posso garantir que é o melhor site de cultura canábica da internet.

    Tem equilíbrio em tudo, informação, diversão, entretenimento e tudo mais...!!!

    Parabéns pela iniciativa e vamos que vamos...!!!

    Não pare jamais...!!!

    Comemoraremos a vitória juntos...!!!

    ResponderExcluir
  9. Ai HEMPada... vocês são os caras, representam a cena canábica brasileira com amor e muita sagacidade... acompanho vocês a 2 anos... diariamente estamos juntos! gostaria de deixar o endereço de nosso blog aqui.. quem quiser dar uma passada lá... espaço destinado a troca de idéias... vale a pena dar uma olhada nos posts... um abraço galera!

    http://caicarascontemporaneos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Sou novo na parada, mas desde que conheci, venho acompanhando lendo e torcendo para que um dia nos tenhamos nossa real liberdade de fumar nossa erva e viver nossa vida em paz por que tenho certeza que todos aqui só querem isso viver sem medo de, seus atos possam ser interpretados como algo ilegal e imoral.
    paz a todos ai do blog e para os leitores

    ResponderExcluir
  11. Só não passo por aqui quando não entro na net.
    Valeu hempadão!!

    ResponderExcluir